quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Dirigido por Iziane, Sampaio Basquete aguarda patrocínio para confirmar presença na LBF


O Sampaio Basquete, equipe campeã brasileira da Liga de Basquete Feminino (LBF) da temporada 2015/2016, corre o risco de não participar da competição na edição 2017/2018.

Na semana passada, o Sampaio Basquete confirmou que conseguiu um reforço de peso, o retorno da ex-jogadora e que integrou o time campeão da LBF, Iziane Castro, que passou a comandar a diretoria técnica da equipe.

Só que apesar desse reforço, o Sampaio pode ficar de fora da competição mais importante no Brasil do basquete feminino. A equipe aguardar uma resposta da certificação do projeto junto ao Governo do Maranhão, através da Lei de Incentivo ao Esporte.

“Já foi dado entrada na documentação necessária para que o Governo do Estado dê a certificação ao projeto, pois, sem ele, fica quase impossível disputarmos a LBF de forma competitiva. Além disso, o prazo para montarmos um time de ponta está acabando, porque a LBF terá início em 8 de janeiro de 2017 e temos menos de dois meses para contratar jogadoras e treinar. E as melhores jogadoras daqui há alguns dias estarão todas empregadas”, detalhou Iziane.

O prazo para a inscrição da LBF acaba no dia 30 de outubro e sem a resposta definitiva do Governo do Maranhão, o Sampaio Basquete não sabe se participará da competição e mais uma vez levar alegria à torcida maranhense, que por inúmeras vezes lotou o Ginásio Castelinho para vibrar com a equipe.

“Além do Sampaio Corrêa ter um nome muito forte no Estado, o torcedor maranhense demonstrou que gosta do esporte e tivemos as maiores médias de público da competição. Sem falar do lado social, das várias toneladas de alimentos arrecadados que foram doadas para instituições sociais”, ressaltou a ex-jogadora da Seleção Brasileira.

O presidente do Sampaio Basquete, Murilo Dias, também lembrou a importância do apoio do Governo do Maranhão e das empresas parceiras da equipe durante todos esses anos.

“A gente conta com esse apoio, pois sem ele não tem como participar da LBF. Atualmente, as empresas só patrocinam o esporte por meio da Lei de Incentivo, porque ganham descontos em impostos”, afirmou.

Resta agora torcer e aguardar a sensibilidade dos governantes, principalmente do governador Flávio Dino, para saber se o Maranhão terá novamente um representante na LBF.

Fonte: Blog do Jorge Aragão

2 comentários:

Anônimo disse...

A Lis saiu do comando do time?

Paulo Roberto disse...

Conforme o texto explica, a Iziane assumiu o cargo de Diretora Técnica do Sampaio Basquete. Não existe ainda confirmação de quem será o treinador da equipe porque a diretoria ainda está negociando patrocínio para conseguir participar da LBF.