sexta-feira, 1 de julho de 2016

CBB cancela participação de seleção sub-18 na Copa América

Parece que a calamidade pública decretada pelo Estado do Rio de Janeiro se aproximou da Avenida Rio Branco, mais especificamente da sede da gloriosa Confederação Brasileira de Basquete.

Pois não é que mesmo antes de terminar a desastrosa participação da seleção sub-17 no Mundial da categoria, a Confederação já decidiu premiar a mesma geração com mais uma oportunidade de desenvolvimento.

Por "motivos de força maior", a CBB decidiu CANCELAR a participação da seleção sub-18 na Copa América, programada para Valdívia, no Chile, entre os dias 13 e 17 de julho. O time havia sido convocado pelo técnico Carlos Lima no último dia 10 e tinha apresentação programada para amanhã (02).



A ausência na Copa América significa ainda a impossibilidade de se classificar para o Mundial Sub-19 de 2017.

Por motivos de força maior também me faltam adjetivos para classificar quão tenebrosa a gestão Carlos Nunes tem sido para o basquete feminino e suas sucateadas categorias de base.

É um daqueles absurdos inaceitáveis e inexplicáveis.

Triste basquete feminino.

32 comentários:

Anônimo disse...

Eu não acredito mais no ressurgimento ou evolução do basquete feminino brasileiro. Pra mim o enterro do triste e decadente basquete feminino brasileiro será a olimpíada. Será q a Adriana Santos e todas as jogadoras não sentem nenhuma revolta ou até vergonha da CBB e de ficarem caladas ?

Beto disse...

Por que não ACABAM com o basquete feminino de uma vez ? ACABA LOGO COM TUDO . Ninguém está nem ai mesmo !! Acaba LOGO . Sinceramente essa notícia doeu de ver . Esses caras estão ACABANDO COM NOSSO BASQUETE FEMININO ! Só isso

Ramona, a Glam disse...

Vergonhoso demais. Pena do basquete feminino. Da pra prever a penúrias das próximas gerações.

Anônimo disse...

É preciso fazer mais do que comentar no blog. Alguém tem uma luz? Precisamos fazer alguma coisa. Uma ação coordenada. Alguma coisa. De todos os absurdos dessa gestão. Esse é sem dúvidas, o pior, mais triste, lamentável e revoltante de todos os escândalos. Fora Carlos Nunes AGORA!!!!

Anônimo disse...

Volta boicote...Já falei aqui, se a Hortência que tem nome é mais conhecida não consegui fazer nada, calcule a Adriana Santos.

Anônimo disse...

O masculino vai participar? ou só feminino foi cortado?

Schineider Oliveira disse...

vcs, no Brasil sao muito passivos a atitudes do president da confederacao...me da nojo do Carlos NUnes e dos "amantes do basquete" que aceitam tuuuuuuuuuudo sem fazer nada!

Anônimo disse...

Anônimo das 11:05 , e o q vc está fazendo?

Anônimo disse...

Nunca critiquei o basquete feminino, pois acreditava sempre que algo poderia melhorar, mas depois dessa informação chegamos ao fundo do posso. CANCELAR a participação numa competição é pior que ficar entre os últimos lugares numa competição (o que aconteceu com a seleção sub-17). Agora a VERDADE: É o sepultamento do basquete feminino do Brasil. Tudo começa na base. Tirar a participação da copa américa e as das outras competições que são consequências foi demais... É muita falta de planejamento e incompetência. Tem que tirar esses gestores que não sabem o que fazer. Vergonhoso meu!!!!

Anônimo disse...

Resolveram cancelar a participação depois da vergonhosa campanha da seleção sub-17. Acho que tão com medo de passar vergonha internaciona de novo. Só que internamente é muito mais vergonhoso o cancelamento da participação. Prova total má gestão e não sabem o que fazer. Se eles sabem o que fazer, então que FAÇAM essas meninas participarem da copa america.

Anônimo disse...

O POUCO CASO DA CBB COM ATLETAS E COMISSÃO TÉCNICA É O MESMO DESCASO DOS CLUBES EM RELAÇÃO AOS ATLETAS. CADA UM CUIDA DO SEU UMBIGO, O RESTO É QUE SE DANE. RESPEITO QUE É BOM NÃO EXISTE.

Anônimo disse...

Se a Adriana Santos tiver um pingo de vergonha na cara, ela pede demissão. Se ficar para não perder o salário, vai significar que que ela é uma das responsáveis por essa vergonha sem precedentes. O maior vexame da história do basquete feminino de base vai ficar com a assinatura dela.

Anônimo disse...

Vai ser muito difícil algum técnico fazer alguma coisa depois do colegiado ser massacrado da forma como foram, inclusive por muitos que hoje comentam aqui. Eles fizeram pouco. Tem que declarar guerra sem trégua à CBB mesmo. A CBB quer acabar com o basquete feminino. Uma das reclamações do colegiado é que o feminino era um subproduto dentro da CBB. Os dirigentes negaram e disseram que as meninas são tratadas da mesma forma e que tem o mesmo investimento. Agora o 'motivo de força maior" (que motivo é esse? alguém morreu? algum avião caiu? que piada!!!!) só atinge a seleção feminina, a masculina (que nem se classificou para o último mundial sub-19) vai disputar a Copa América normalmente. Fica mais que evidente que o feminino é desprezado pela CBB e que o masculino tem total prioridade. Vergonha, vergonha, vergonha.

Anônimo disse...

Se Rolar uma Petição ONLINE estou dentro mais tem que ser algo sério e que seja veículado em massa nas redes sociais .

Anônimo disse...

Se o problema for financeiro, podemos fazer um financiamento coletivo no Catarse. A Dilma arrecadou 500 mil reais para andar de avião pelo Brasil falando bobagens. Garantir que essa geração não fique de fora do próximo Mundial é muito mais importante. Vamos nos unir...

Anônimo disse...

Chocadoooooooooo, isso é um crime cade o cob para ibtervir fora carlos nunez

Anônimo disse...

Chocadoooooooooo, isso é um crime cade o cob para ibtervir fora carlos nunez

Anônimo disse...

Essa é a notícia mais triste e revoltante das muitas que já li sobre basquete feminino. Carlos Nunes e cia se superam a cada dia.

Anônimo disse...

O mínimo que esses dirigentes tem que fazer é fazer com que as meninas participem de eventos internacionais. E esses dirigentes não estão conseguindo nem fazer isso. Qual o problema? Eles não tem capacidade de resolver esse impasse! Isso é trabalho deles! Nunca vi tanta dislizes como esse!!! Eita!!

Anônimo disse...

É inaceitável, é inexplicável, é revoltante, é deprimente. Qual é essa força maior que os dirigentes não sabem lidar? Lado negro da força....

Anônimo disse...

Adriana Santos? Sinceramente vcs acham que ela está preocupada? Já se perguntaram pq ela está lá? Competência ou por ser amiga do Vanderlei? Isso que precisa acabar. Aqui em americana a gente já conhece o jeito leva e trás dela... Desculpem, mas esperança nela nem nós de americana tempos. Lamentável tudo isso, ainda mais em ano Olímpico. Como será o ano que vem?

Anônimo disse...

Pessoal, não adianta se preocupar com Adriana Santos, o problema é muito maior. Também confesso minha frustração para com ela, pois ela simplesmente mudou de lado. Quando estava fora da CBB ela metia o pau neles... agora não entendo a reação dessa moça. Esqueceu que um dia foi atleta?

Anônimo disse...

Hortência era quem estava incentivando a cbb de punir as meninas e os clubes com o boicote...

Anônimo disse...

Eita! A desistência do Brasil na Copa América implica última colocação no torneio. Estamos indo pro mesmo caminho que os times africanos (ex.: Nigéria no cammpeonato sub-17 deste ano). A coisa é mais grave do que a gente estava e está vendo nos jogos do Brasil. Se a FORÇA MAIOR está ligada à gestão financeira. Então vão atrás de dinheiro. Se havia dinheiro e este sumiu, então acho deve ser feito uma auditoria e investigação nas contas e gestão da entidade e dos responsável para tanto.

O basquete feminino adulto de amanhã é dependente da boa formação e estrutura de base que temos hoje. E infelizmente, isto não está acontecendo. Na realidade, está piorando a cada dia. Só tô vendo notícias ruins e decandentes. Só falta exinguir a modalidade de vez por falência financeira e desmotivação coletiva.

Anônimo disse...

é sério isso....não tô acreditando......algo precisa ser feito, divulgado não sei.......

Anônimo disse...

Acabou gente o basquete feminino já era!!!!!

Triste!!!!

Anônimo disse...

LUTO.................

Anônimo disse...

Vamos orar... À espera de um milagre...

Anônimo disse...

O pior que a CBB é o reflexo dos clubes! Os clubes tb não se organizam em nada....ninguém se entende! Iniciaram um movimento através do baderneiro Molina de Americana e cadê o resultado do boicote????
Todos os técnicos e "gestores" do basquete feminino tem culpa! Cadê a magic Paula para lutar pelo esporte que deu tudo o que ela tem até hj? Só critica e não faz absolutamente nada!!!
Bando de hipocritas !!!

MARCOS disse...

ABSURDO INACEITÁVEL É O RESUMO

PAULINO disse...

Muito triste, vergonhoso. O basquete feminino exige uma justificativa.

Anônimo disse...

Agora diga uma coisa: quem vai querer praticar um esporte que todas as expectativas, todos os esforços que vc põe em quadra são jogadores fora por motivo de FORÇA OCULTA MAIOR... É desistimulante... Esses gestores, administradores, dirigentes não tem nem CORAGEM de dizer o que se trata essa FORÇA MAIOR? Falem e tentem solucionar o problema... Isto é DEVER de vcs.