segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

ADCF Unimed derrota Sport e tem melhor aproveitamento da Liga

Clarissa Santos foi a cestinha na vitória da ADCF Unimed sobre o Sport - Foto Zaramelo Jr

Comandada pelas pivôs Clarissa Santos, Gil Justino e Damiris Dantas, principais cestinhas do jogo, a ADCF Unimed derrotou o Sport Recife por 98 a 62 (48 a 35 no primeiro tempo), na noite desta segunda-feira (23), no Ginásio de Esportes Mario Antonucci, no complexo do Centro Cívico, pelo segundo turno da primeira fase da LBF (Liga de Basquete Feminino).

Com 27 pontos em 14 jogos (13 vitórias e apenas uma derrota), a ADCF Unimed tem o melhor índice de aproveitamento do campeonato (96,4%), à frente do América-PE, que aparece com 28 pontos em 15 partidas (13 vitórias e duas derrotas) e índice de 93,3%.

A ADCF Unimed foi superior ao Sport durante todo o jogo de hoje. A equipe de Americana venceu o primeiro quarto por 25 a 17, o segundo por 23 a 18, o terceiro com pouco mais de equilíbrio por 18 a 17 e disparou no último com a parcial de 32 a 10.

Os destaques da ADCF Unimed foram as pivôs Clarissa Santos (25 pontos, 9 rebotes e 3 assistências), Gil Justino (17 pontos e 7 rebotes) e Damiris Dantas (17 pontos e 5 rebotes).

Na sequência da LBF, a ADCF Unimed faz duas partidas fora de Americana: sábado (28) contra Brasília, às 11 horas, no Distrito Federal, e segunda-feira (2) contra Maranhão, às 20 horas, em São Luís.

7 comentários:

Schineider Oliveira disse...

Clarissa , novamente, caminhando para M.V.P da temporada ( junto as americanas)...

Anônimo disse...

Clarissa fantástica! Não sei porque ela ainda não foi para a WNBA.

Anônimo disse...

nossa gente a Erika está machucada ??????????????? seus números estão caindo cada vez mais, Berth faz um levantamento para nós do blog, e parabens Clarissa

Anônimo disse...

Tem mais de 10 atletas estrangeiras na LBF, muitas com passagens pela WNBA, mas Clarissa está novamente disparada como a jogadora mais eficiente do campeonato, mas não duvido nada que a LBF dê o título de MVP para outra atleta. Critérios coerentes deixou de ser uma característica do basquete feminino no Brasil.

Anônimo disse...

Uma coisa me assusta na LBF temos 10 times mais jogadoras porém o nivel tecnico horrivel.
O Sport se tivesse contrato uma pivo como a Bibiano e uma armadora como a Gil que está parada ou até a Alessandra ficaria em 3ª ou 4ª de boa.
O Maranhão sem pivos estã levando bailes, dizem que estão esperando a Kelly e ouvi dizer que iriam contratar uma pivo cubana e nada,não desbancam nunca America e América.
Eu sei que os dirigentes ajudam com despesas transportes e arbitragem porém o nivel tecnico é uma vergonha so estamos vemos as estrangeiras deitarem e rolarem por aqu.
Clarissa,Damaris e Iziane as unicas. Leila e sangalli precisam de mais tempo não de uma temporada.
Em São José tendo a Plutim o time tem um fraco técnico não usa Joyce nem a Ramona muito menos a Fabi por que se ambas defendem a seleção.
Dificil e o Sporttv passa um jogo de Barreto(valente mas com nivel baixo e ainda sem Mailá e sem a Maria carolina, ninguem merece.

Anônimo disse...

ANONIMO 14:15

Não está machucada, aliás, é titular do seu time!!

O que acontece, é que ta ficando VELHA, se não começar a fazer um preparação diferenciada(como Karla e Adrianinha fazem) os números começarão a cair mesmo!

Anônimo disse...

XUPAAAAAAAAA POPOTI!!!!

HAHAHAHAHAHAHA