quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Iziane não foi convocada para o Mundial, mas acha que ainda teria lugar na seleção

Iziane não joga uma competição oficial pela seleção desde o Pan de Guadalajara

Apontada como uma das jogadoras mais talentosas do basquete feminino brasileiro após a geração de Paula, Hortência e companhia, Iziane não tem mais esperanças de defender a seleção brasileira. Sem jogar uma competição pela equipe nacional desde 2011, os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, a ala de 32 anos de idade não se vê mais como uma integrante do time verde e amarelo. Desde que o técnico Luiz Augusto Zanon assumiu o comando do time, em março de 2013, ela jamais ganhou uma oportunidade. Nem para amistosos foi convocada. O Campeonato Mundial da Turquia, que terá início no sábado, ela acompanhará apenas pela televisão.

"Eu acho que meu ciclo está encerrado, mesmo porque devem manter o mesmo técnico até a Olimpíada (de 2016). Tirando um primeiro contato que tivemos logo depois que ele assumiu, jamais conversamos de novo. Ele não me chamou para a Copa América (de 2013), nem para o Mundial. Não tem porque do nada ele me chamar", disse Iziane, em entrevista exclusiva ao UOL Esporte.

Em 2012, dias antes da estreia nos Jogos Olímpicos de Londres, Iziane foi cortada da delegação por estar com seu namorado no hotel da seleção na cidade de Lille, onde o time fazia a última série de jogos amistosos. Para ela, porém, isso não é um fator determinante para não ter tido mais oportunidades.

"Não levei meu namorado para a concentração como muitos dizem. Ele estava hospedado no mesmo hotel. Mas não acho que esteja pagando por isso até hoje. Não sei o porquê de ele (Zanon) não ter me chamado", afirmou.

Renegada pelo treinador, Iziane não demonstra mágoa em suas palavras. Porém, sem papas na língua, garante que teria totais condições de estar entre as 12 jogadoras que jogarão na Turquia. Do elenco brasileiro, apenas Adrianinha, Érika e Damiris já disputaram um Mundial. As outras nove atletas são estreantes. A renovação é uma estratégia do treinador e da Confederação Brasileira de Basquete (CBB) visando a uma melhor preparação para os Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. Para as alas, Zanon levou Joice Coelho (21 anos), Isabela Ramona (20), Patrícia Ribeiro (23), Tatiane Nascimento (23) e Jaqueline Silvestre (28).

"Sei o meu valor. Sou uma das melhores jogadoras do Brasil, tenho condição de representar o país, mas foi uma opção do técnico. Foi este grupo que ele quis colocar junto. Eu poderia estar na seleção Brasileira, pois ainda tenho nível. Posso ser velha, veterana, mas jogo muito basquete. A última liga feminina provou que sou top. Claro que a renovação é importante, mas a seleção também precisa de jogadoras experientes e ativas", afirmou a ala.

Iziane disputou a última edição da Liga de Basquete Feminino (LBF) pelo Maranhão e foi a segunda principal cestinha do torneio, com média de 15,44 pontos por partida. Sua equipe chegou à semifinal, fase na qual acabou eliminada pelo Sport Recife. No primeiro jogo do playoff em melhor de três, Iziane sofreu uma ruptura parcial do tendão do tornozelo esquerdo e uma fratura no calcâneo. Por conta disso, não firmou contrato com nenhuma equipe da WNBA, a liga americana de basquete feminino.

Por falar em Estados Unidos, foi lá que Iziane viveu a melhor fase de sua carreira, entre os anos de 2007 e 2010, quando foi uma das principais jogadores do Atlanta Dream. Em 2010, inclusive, foi uma das principais cestinhas da liga, com média de 16,9 pontos por partida.

Em que pese ter sido deixada de fora, Iziane garante que torcerá por uma boa campanha da seleção e acompanhará todas as partidas pela televisão.

"Tem muitas jogadoras na equipe que são minhas amigas e sempre torcerei para o bem do meu esporte. Espero que a seleção vá bem. Pretendo mandar mensagens de apoio durante o campeonato, mas também vou cobrá-las", afirmou a jogadora.

A reportagem procurou Zanon para ele explicar a opção por não chamar mais Iziane, mas não conseguiu localizá-lo. Desde sábado, o treinador está com a seleção em Ancara se preparando para a estreia no Mundial, que acontece às 15h15 do próximo sábado, contra a República Tcheca.

Fonte: UOL Esporte

16 comentários:

Elson disse...

Não acho que a Iziane esteja fora, inclusive, em uma recente reportagem pela globo.com e veiculada aqui no PBF, ela disse que ainda tinha desejos e acreditava em uma futura participação nos jogos de 2016.

Pra mim Zanon está fazendo o certo. Iziane é talentosa mas parece nao ter espirito de grupo, não é muito solidária....diferente de Adrianinha e Erika que fazem questão de ajudarem as outras com dicas e conselhos, além de saberem quais seus papeis na equipe: de jogadoras e lideres.

Iziane tem bola mas se ela fosse convocada já tiraria a vaga de uma novinha. Então isso ja pesa....

De veterana que eu gostaria de ver seria a kelly, mas ele também não quer perder uma chance de amadurecer alguem, então nesse sentido eu entendo ele.

O bom do Zanon é que ele é coerente e não se desespera e chama logo todas as veteranas. Ele é COERENTE. Ele sabe que o nivel só vai subir com paciencia e tempo.

Anônimo disse...

Bert,


Olha isso

https://www.youtube.com/watch?v=TG9sDHGOFmI&feature=youtu.be

Anônimo disse...

Amo a Paula, jogadora fantástica, genial, assisti esse jogo de Unimep X Tenesse.

Nessa jogada ela andou com a bola, foi irregular, mas era um torneio amistoso, tá valendo.

Anônimo disse...

O problema da Iziane é o ego enorme. Se acha mais importante que as outras atletas, quando na verdade é apenas uma jogadora comum, que nunca ganhou nada na carreira. O foco dela é brilhar, ser cestinha e não sabe colocar o time, o grupo em primeiro lugar. Para ela só interessa a vitória se ela fizer a última cesta, se não nem se importa se o time venceu ou perdeu. Não por acaso tem 32 anos, já foi cestinha de vários campeonatos, mas nunca conquistou um título sequer. A diferença de um craque para um jogador comum não é a quantidade de cestas que se faz na vida, mas o número de títulos que você ajudou seu time a conquistar. Infelizmente nessa idade, ela ainda não aprendeu isso.

Anônimo disse...

A questão é, Iziane aceitaria fazer esse papel secundário que Karla e Chuca fizeram ano passado e a Adrianinha está fazendo esse ano, de passar experiência para a nova geração, ajudando nos treinos, ficando no banco para que as mais novas tenham mais tempo de quadra nos jogos? Duvido muito... Iziane sempre pareceu ser uma jogadora egoísta.

Bruna disse...

Lembro da primeira entrevista que o técnico Zanon deu após assumir o cargo, ele disse que chamaria Iziane, se mudou de ideia deve ser porque as colegas chegaram nele e fizeram a cavera dela. Minha opinião é que ninguém deve ser punido eternamente, mas a Iziane não é uma pessoa fácil, então penso que o mais coerente seria o treinador chamá-la para conversar e colocar algumas exigências e perguntar se ela aceita cumprir para ter uma nova chance. Não acho que ela deve voltar como a rainha da cocada preta como aconteceu na época da Hortência. Até porque é uma boa jogadora, mas não é a estrela que ela acha que é. Não resolve nada sozinha.

Anônimo disse...

Por isso q amooo a Iziane. Poucos(as) são sinceros e verdadeiros no q dizem.

Acho q Iziane assim como o Jorge Cajuru, ñ estão preocupados em discursos politicamente corretos e sim realista e sinceros.

Show Izi, vc ainda é a MELHOR do Brasil!

Anônimo disse...

Amei esse vídeo!!!!

https://www.youtube.com/watch?v=PE57PwfA6Ns

Anônimo disse...

Kelly? KKKKKK

Anônimo disse...

Acho k kelly e Iziane , ainda tinham.muito a contribuir

Henrique Baptista Silva disse...

Todo mundo resolveu aderir essa opinião parcial do Paulo Bassul de que a Iziane seja uma jogadora que não joga coletivamente. Não é o que vejo. A maior prova disso,é que as infiltrações dela são feitas praticamente livre de marcação em direção à cesta. O que a mostra como uma jogadora que seleciona bem seus arremessos numa boa leitura do jogo DENTRO do sistema implementado,improvisando de acordo com isto quando falta a iniciativa das outras. Acho injusto os argumentos contra ela! Ela fez uma excelente LBF,e merecia estar dentro deste grupo. Ela está no melhor momento e forma física. Não levá-la AGORA,foi um erro. Em 2016,talvez a idade pese contra;mesmo que pareça estar bem.

Anônimo disse...

Gente enterrem este assunto que chatice!!!!!!!!!!!!!Descanse em paz em Lençóis Maranhenses Iziane, deleta este assunto da sua vida!

rodrigo disse...

A kelly sim querido mesmo jogou muito essa lbf ou estou falando asneira????

Bil disse...

Ser sincero é uma coisa, ser sem noção e sem bom senso é outra. Essa moça é uma deseducada, egoísta, sem postura. Alguém algum dia falou que ela era uma estrela e ela acreditou. Pois vai "brilhar" no mesmo lugar que eu e todos vocês que estão lendo: no sofá vendo o mundial pela tv. Aceita que dói menos. Deixem a renovação seguir sendo feita em paz, sem essa "laranja podre". Merece ser deixada onde a conhecemos: no passado. Adeus

Anônimo disse...

tem que lavar a boca pra falar da kelly...excelente jogadora...deveria estar na seleção

Anônimo disse...


OBSERVADOR

Bil suas palavras foram duras mas de muita e total sabedoria!!!Concordo!!!!