segunda-feira, 8 de abril de 2013

Pós-título, o projeto continua


Sport projeta futuro no basquete feminino para que conquista nacional não se torne um fato isolado na história do clube



Um título para ficar não somente na história, mas também para servir de inspiração para o clube. Com este objetivo, o técnico Roberto Dornelas e os dirigentes ligados ao basquete rubro-negro já iniciaram o planejamento para a sequência de um projeto que nasceu vitorioso. Contando com a boa vontade do grupo em seguir na Ilha do Retiro, o Sport já começou as negociações pelas renovações dos contratos de quase todas as atletas. Além disso - certo de que terá algumas baixas -, o Leão praticamente fechou com três reforços, cujos nomes estão sendo mantidos em segredo. Sabe-se, porém, que são jogadoras da Seleção Brasileira.

Para manter o elenco, os rubro-negros elaboraram um projeto ousado, que prevê a participação do time no Campeonato Paulista. “Como não há em Pernambuco um campeonato no nível técnico que este grupo exige, nossa ideia é representar alguma cidade de São Paulo no Paulista”, destacou Dornelas, ressaltando ainda que o time seguiria treinando no Recife. “Além de o Sport oferecer uma estrutura que nenhum clube do Brasil oferece, temos ainda um projeto de formação de novos atletas e a proximidade destas jogadoras é fundamental para o sucesso dele”, justificou.

O treinador contou ainda que praticamente todo o grupo mostrou interesse em permanecer na Ilha do Retiro. Mas já é certo que o Leão terá algumas baixas importantes. A pivô Érika e a ala Alex têm contratos com equipes da WNBA e se apresentarão em maio nos Estados Unidos. “Érika mostrou interesse em retornar ao Sport em outubro, para disputar a Liga, mas já estamos em busca de uma substituta”, contou Dornelas.


Fonte: www.superesportes.com.br

22 comentários:

Anônimo disse...

Deixem de serem ridiculos,Qual aestrutura que o Sport oferece que nenhum outro time oferece? faça meo favor, se não tem oque falar, fiquem de boca fechada, formam time com jogadorasde SP e ainda se vangloriam? tem campeonato Pernanmbucano ai? não ne? então ,antesdisso,formem atletas, façam um campeonatinho regional, ai entrem na fila de anos e depois venha falar

Henrique Baptista Silva disse...

Isso! Dar continuidade ao projeto,elaborando formas alternativas para conseguir sustentar a idéia do trabalho segmentado. Prosaico,mas sem devaneios. Com os pés no chão.

Anônimo disse...

O Sport vem para qual cidade para jogar o Campeonato Paulista?

Anônimo disse...

Concordo com você anônimo das 15:33. Não há mais nada a dizer.

Anônimo disse...

Triste é que o Sport nem tem categoria de base!!! Pode perguntar a alguem do clube se eles vão entrar para disputar algum campeonato pernambucano sub....só se inscreveram no sub 19 pq contrataram várias atletas de fora (assim como foi no adulto....
Quem faz atleta lá ainda é o masculino

Anônimo disse...

Deixem de SEREM analfabetos...

Cristiane Lima disse...

Alguns comentários provam a total falta de conhecimento daquilo que não é de SP.... lamentável!

Anônimo disse...

o Sport vai pra Franca, terra da Adrianinha e o Maranhao deve mesmo ir praOurinhos

Anônimo disse...

http://jc3.uol.com.br/blogs/blogdotorcedor/canais/noticias/2013/04/08/dornelas_diz_que_basquete_do_sport_contratara_tres_jogadoras_no_nivel_de_selecao_149129.php

Anônimo disse...

Brasil...eterno Brasil!!!Para inglês ver....

Anônimo disse...

Extra extra: Iziane vai voltar!

Anônimo disse...

Iziane vai voltar à seleção: http://esporte.uol.com.br/basquete/ultimas-noticias/2013/04/09/zanon-dara-nova-chance-a-iziane-e-pede-uniao-na-selecao-feminina.htm

Vídeo de entrevista do Zanon ao Arena Sportv: http://globotv.globo.com/sportv/arena-sportv/v/novo-tecnico-da-selecao-feminina-de-basquete-luiz-zanon-fala-sobre-o-desafio/2507115/

Anônimo disse...

Outro vídeo: http://globotv.globo.com/sportv/arena-sportv/t/edicoes/v/para-luiz-zanon-falta-de-jogos-internacionais-atrapalha-o-basquete-feminino-no-brasil/2507114/

Anônimo disse...

http://www.oliberalnet.com.br/noticia/A6731246D02-zanon_aprova_campanha_do_time_na_lbf

Anônimo disse...

Entrevista com Zanon e a Erika: http://www.youtube.com/watch?v=yshEzVcNFSM

Anônimo disse...

Por acaso o campeanato paulista é feito só de jogadoras paulistas? por acaso a WNBA é só jogadoras americanas? portanto, qual o problema do Sport ter montado um time forte com jogadoras de fora? tao achando ruim porquê? O próprio time do Americana tem a Clarissa que é do Rio, duas norte americanas, a Mamá que acho que é do Paraná, e deve ter outras jogadoras de fora, mas ninguem fala nada. O problema é que um time de SP nao levou como sempre leva ai vem esses comentários sem noçao. Quem dera que outros estaddos conseguissem montar times fortes mesmo com jogadoras de fora pois isso só ajudaria nosso basquete.

Anônimo disse...

Anônimo das 19:13 e a Karla que é de Brasília. De Americana mesmo só a Babi, Débora + Fabi e Iza (que quase não entram em quadra).

Anônimo disse...

Saiu no Sportv uma matéria dizendo que todas as escolinhas do Sport Recife estão lotadas, no masculino e no feminino desde o sub-12 até o sub-19. Isso é fato, o resto é puro recalque!

Anônimo disse...

eu quero ver o sport recife feminino na base!!!! quais são as categorias que eles vão entrar nesse ano???

só entram em competições que eles contratam jogadoraas

Anônimo disse...

Anônimo da 1:05, o Sport ir para Franca faz sentido, já que a cidade não tem time feminino e conta com boa estrutura para o basquete masculino que pode ser compartilhada.

Já a equipe do Maranhão ir para Ourinhos não faz o menor sentido já que a diretoria acabou de contratar um novo técnico e prometeu reestruturar a equipe para a próxima LBF, por isso não dá para acreditar que eles forneçam condições para um adversário jogar em sua estrutura.

Seria interessante para o Maranhão levar seu time para equipes que tem basquete de base, mas não contam com o basquete adulto.

Jundiaí acabou de anunciar que vai deixar o Campeonato Paulista adulto por não ter time, creio que seria uma ótima opção.

Henrique Baptista Silva disse...

A melhor solução para as equipes do Sport e Maranhão Basquete,não se afastarem de suas torcidas,seria fazer um campeonato inter-estadual de clubes feminino entre os lugares que existam poucas times disputando. Esta seria uma forma inteligente de auto-promover o basquete feminino regional. Sem precisar deslocar de lá,e se desgastar de conquistar uma outra torcida fora do nordeste.

Anônimo disse...

09/04/13 21:31

Quais são as categorias que o Sport entrará no campeonato pernambucano de base neste ano?

Se vc me responder isso eu não falo mais nada!

Sport Recife feminino viu!