segunda-feira, 4 de julho de 2016

Seleção encerra amistosos na França com derrota por 26 pontos


A Seleção Brasileira Adulta Feminina foi superada, nesta segunda-feira (dia 4), pela França por 79 a 53 (36 a 17 no primeiro tempo), no último dos três amistosos contra as anfitriãs, realizado na Salle Saint-Jean em Biarritz, sudoeste da França. A cestinha da partida foi a ala Iziane Castro com 15 pontos, seis rebotes, uma assistência e uma recuperação de bola. Outro destaque da equipe nacional foi a pivô Damiris Dantas com 13 pontos e seis rebotes.

“Não posso estar satisfeito com três derrotas, mas tenho que ter a percepção e não ser passional para analisar com tranquilidade. Precisamos entender que enfrentamos uma equipe que está em ritmo total de jogo. Veio do Pré-Olímpico Mundial onde se preparou muito bem, além de ter sido vice-campeã olímpica. Enquanto o Brasil está iniciando o ritmo e está incompleto, sem as duas pivôs consideradas titulares. Uma posição que a França é forte dentro do garrafão. Mas eu vejo situações positivas com o time se entregando e defendendo mais. Sigo vendo uma equipe com muita possibilidade de bons resultados, principalmente quando estiver completa”, analisou o técnico Antonio Carlos Barbosa.

A Seleção Brasileira Adulta Feminina desembarca, nesta quarta-feira (6), às 6h15 de Brasília, no Aeroporto Internacional de Guarulhos (Air France / AF 454). A equipe se reapresenta no próximo domingo (10) em Campinas dando sequência na preparação apara os 31º Jogos Olímpicos do Rio.

BRASIL (10 + 07 + 21 + 15 = 53)

Começaram: Adrianinha (1reb, 3assist e 1recup de bola), Iziane (15pts, 6reb, 1assist e 1recup de bola), Kelly (4reb, 1assist e 1recup de bola), Damiris (13pts e 6reb) e Nádia (5pts, 3reb, 3assist e 2recup de bola). Entraram: Isabela Ramona (4 pontos, 1 rebote, 1 assistência e 1 recuperação de bola), Bárbara (4pts e 2assist), Joice (4assist e 1recup de bola), Palmira (5pts), Tatiane (5pts, 2reb e 1assist), Karina (2pts e 1reb) e Patrícia (1assist e 1recup de bola). Não entrou: Tainá. Técnico: Antonio Carlos Barbosa

FRANÇA (14 + 22 + 18 + 25 = 79)

Miyem (18), Gruda (10), Dumerc (11), Michel (4), Ayayi (2), Skrela (4), Ciak (6), Johannes (10), Amant (3), Epoupa (9) e Kamba (2). Não jogou: Yacoubou. Técnica: Valerie Garnier.

38 comentários:

Anônimo disse...

Tentar fazer uma análise NÚMERICA pois não estava lá pra ver . Mais já começo colocando por terra toda " TEORIA DO ILUMINADO " do Barbosa. Uma seleção Brasileira Adulta que quer uma Medalha em uma Olimpíada não pode fazer somente 17 pontos no primeiro tempo TODO . Conseguiram ir pior que ontem pois fizeram 22 . Isso é uma LÁSTIMA e salvo elas estarem fazendo um trabalho muito forte de musculação ele deve ficar preocupado sim com esse BAIXÍSSIMO RENDIMENTO OFENSIVO ! Tirem os pontos das duas PRINCIPAIS pivôs da França Miyem e Gruda = 28 pontos , ou seja as pivôs do Brasil foram PASSEAR por lá parece ! Salvo Nádia que até foi regular , Karina e Kelly sem comentários . Damiris SALVOU a Pátria pelo jeito junto com a Iziane . Conclusão Desculpas , Desculpas e Desculpas pelo tempo que elas estão treinando deveriam estar metendo mais bolas porém a musculação deve estar forte ainda PREFIRO ACREDITAR NISSO !! Ou seja Érika e Clarissa TERÃO QUE SER TITULARES . Palmira na lateral como titular no lugar da Taty Pacheco que era titular no mundial da Turkya e foi muito bem é um dos motivos de começar pegar bronca do Barbosa . Enfim esse mês está TÃO RUIM PRO FEMININO graças a esses MEDONHOS da CBB , tomara que isso não seja um presságio de uma apresentação VEXATÓRIA nas Olímpiadas !

Anônimo disse...

Tô apoavorada com tudo...

Anônimo disse...

Hoje, dia 04 de julho de 2016, podemos seguramente afirmar que o Brasil não está preparado p enfrentar as melhores equipes de basquete feminina. Vimos, confirmamos e chancelamos isso com as três derrotas seguidas pela França com placar bem dilatado

Anônimo disse...

Só no terceiro jogo que ele saiu com a Damiris na ala, se ela vai jogar de ala na olimpíada ele deveria ter testado desde o primeiro jogo.

Anônimo disse...

Essas meninas tem que treinar muito até as Olimpíadas para que a gente não sejam massacrado por todos os times...

Carlos Edu disse...

Sentindo falta nesse time da frança da boa ala: Diandra Tchatchouang
Ela está lesionada ou foi cortada por indisciplina? Lembro no europeu, quando a França perdeu a final para Sérvia, ela se recusou a colocar a medalha de prata...

Quanto ao Brasil. Muito bom essas derrotas q ajuda a corrigir erros.
Acredito q a melhor formação do Brasil seja:
Érika
Clarissa
Damires
Iziane
Joice (Adrianinha ñ tem mais o mesmo vigor físico)

Revesando:
Kelly
Nádia
Taty
Ramona
Adrianinha

Karina e Palmira suplentes.



Anônimo disse...

Iniciando o ritmo agora??? O que o Brasil estava fazendo desde Janeiro naqueles amistosos preparatórios contra a Austrália? Se desde aquela época até agora ainda não se iniciou o ritmo, o que dirá da data de hoje até a Olimíadas (um mês)... Pelo menos já sabemos a que nível estamos... Pois com os três amistosos tempos a prova, a reprova e rereprova. Tô sem esperanças...

Anônimo disse...

Barbosa em 02/04:

Eu acompanhei os últimos campeonatos aí, e na Olimpíada passada a França ficou com o vice-campeonato. Não é um timaço de bola, uma equipe brilhante, não.

Barbosa em 05/07:

Precisamos entender que enfrentamos uma equipe que está em ritmo total de jogo. Veio do Pré-Olímpico Mundial onde se preparou muito bem, além de ter sido vice-campeã olímpica

Choque de realidade. Antes tarde do que nunca.

sergio/rl disse...

Kelly e Karina definitivamente não tem nível para seleção. Vamos acreditar que Érica e Clarissa retornem bem da WNBA, já não não estão rendendo nada por lá. Foi uma pena a CBB não ter naturalizado a amareicana Tiffane Eyes, que é uma excelente lateral e faria uma dupla infalível juntamente com a Iziane, liberando muito as nossas pivôs, aí sim teríamos chence, mas deixou passar essa oportunidade.

Anônimo disse...

A Erika e a clarissa não vão fazer milagres. Elas não são super pivôs...

Anônimo disse...

Kkkkkkkk quem vai pontuar nessa Seleção?Acho que a Adriana e o Barbosa.Cade a Palmira,cadê a Joice ,e a Kelli?Essas são as jogadoras de confiança dele para não dizer:essa é a panela dele.Vergonha acontecer esse protecionismo numa seleção que vai disputar uma Olimpíada.Até quando vamos conviver com essa nojeira?

Anônimo disse...

jogadora de confiança fazendo apenas 5 pontos...huummm..ja que ja vi tudo, OUTRA VEZ!!!

Anônimo disse...

O Azerbaijão naturalizou a Tifanny Heyes. Sim, até dirigentes de países do Oriente Médio se interessam e se empenham mais para ter uma seleção forte no basquete feminino, do que os dirigentes brasileiros.

Anônimo disse...

Preocupante. Apenas Iziane, Damiris e Nádia foram efetivas. Adrianinha e Kelly fizeram alguma coisa no primeiro jogo e só. Kelly titular no terceiro jogo e zerou... As outras passaram praticamente em branco nos três jogos. Fica claro que os cortes de Jaqueline e Gilmara foram um grande erro do Barbosa. Espero que ele perceba logo e corrija. E no mais, precisa colocar essa equipe para jogar contra Espanha, Sérvia, Turquia, Canadá, Austrália, Bielorrúsia... E mais ou menos contra esse padrão de jogo cadenciado que temos que aprender a enfrentar. Principalmente depois que Clarissa e Erika chegarem, porque elas estão jogando pouco na WNBA, vão chegar sem ritmo de jogo. Mesmo para os incompetentes da CBB não deve ser tão difícil marcar jogos amistosos contra as seleções que vão vir para as Olimpíadas. Os jogos são aqui p3rr*. Vão estar todos no Brasil. Acorda gente. Acorda!

Anônimo disse...

Pois é, a França também jogou sem Yacobou e Diandra que são até melhores que Erika e Clarissa. Enfim, dá na mesma. As duas seleções completas, a diferença é isso aí mesmo entre 20 e 30 pontos. Pensar que em 2012 criticamos a seleção de Tarallo porque perdemos de Canadá, Austrália, Rússia e França por cerca de 10 pontos em média.

Anônimo disse...

Estou muito triste e com medo dessa seleção, 3 amistosos com placar vasto.
Pelo jeito nem marcação estão sabendo fazer, as pivos francesas somaram 28 pts.
Acredito que com Erika e Clarissa nao irá mudar muita coisa, mas vamos ver n que vai dar isso ne gente.....

Anônimo disse...

A base vai ser Iziane , Damiris , Érika Clarissa Joice ou Adriana . Se tivessemos naturalizado a Weeler poderiamos até sonhar em dar um caldo mais infelizmente essa MEDONHA gestão da CBB não está nem ai pro feminino . Lembro do Larry Taylor , Mangnano falou em 6 meses o cara era brasileiro , e agora estava até mais fácil naturalizar pois o COB estava apoiando naturalizações e acelerando processos enfim . Minha maior torcida hoje sinceramente é que elas não deem vexame só isso , pelo menos ganhem do Japão e que essa CORJA de INCOMPETENTES da CBB LARGUE O NOSSO BASQUETE e nos deixe crescer nas mãos de dirigentes competentes . Sinceramente quero mais isso do que subir no pódio !! Esses caras ACABARAM com nosso basquete .

Anônimo disse...

Vamos passar vergonha nas olimpíadas en casa. O time tá ruim. Não temos armadoras de ponta. As pivôs ou estão com muita idade ou são baixinhas. As alalas não conseguem pontuar diante de defesas mais fortes.

Anônimo disse...

Um mês para dar ritmo e ajustar esse time vai ser missão quase impossível. O Barbosa corre o risco de passar o maior vexame olímpico do basquete feminino

Anônimo disse...

Gosto muito da Joice, mas ser titular da seleção brasileira não é o caso. A Adrianinha ficou bastante tempo parada, mas acredito ser a melhor opção, até porque ela tem um físico privilegiado, deve entrar em ritmo de jogo rapidinho. Acho a Joice importante para entrar durante o jogo, numa situação em que precise de uma marcação agressiva no perímetro, na necessidade de gerar contra ataques, ela é um ótima marcadora, tem velocidade, pode contagiar as colegas e incendiar uma partida, mas na armação de 5X5 desde o início do jogo, a Adrianinha não tem substituta ainda.

Anônimo disse...

Barbosa afirmou após esses três jogos contra a França: " não estou preocupado, pois ,estamos apenas no início dos trabalhos". Meu Deus! A seleção está iniciando os trabalhos faltando apenss 1 mês para a olimpíada? Bem desanimador

Anônimo disse...

Barbosa afirmou após esses três jogos contra a França: " não estou preocupado, pois ,estamos apenas no início dos trabalhos". Meu Deus! A seleção está iniciando os trabalhos faltando apenas 1 mês para a olimpíada? Bem desanimador

Anônimo disse...

Keli Jabulani ja seu o que tinha que dar chega pelo amor de Deus essa povo ja teve sua chanse e não aproveitou. Ela só pode ser parente do Barbosa.

Anônimo disse...

apavorado é a palavra certa neste momento.....

Sérgio/RJ disse...

Pessoal que tanto torce peli basquete feminino, vamos todos mandar email para a CBB, e falar tudo que estamos falando aqui, vamos encher a caixa de emails deles para ver se surte algum efeito.

Anônimo disse...

Nossa gente o Brasil perdeu pra França o Brasil não a adrianinha e a kelly a seleção são de 12 jogadoras não temos jogadoras melhores que elas temos um plantel de pivô qie só o USA tem de nível amistoso e amistoso estamos melhor do que a 7 a os

Anônimo disse...

O problema é que o material que temos pra brigar são :

Iziane
Damiris
Érika
Clarissa

Armadora : ? Adiraninha (que está voltando agora ) ou Joice

Substituições que pelas estatísticas dos amistosos contra a França podem ajudar com uns pontos = Nádia e Tati Pacheco

Ou seja temos na realidade " 7 " jogadoras pra lutar nessa Guerra .

Tainá , Kelly , Ramona , Palmira = Irão pra compor elenco somente

Minha maior surpresa RUIM seria ver Babi no lugar da Joice e Patty no lugar de Ramona ou Taína . Se isso acontecer será LAMENTÁVEL

Babi e Patty Jaqueline = NÃO ADIANTA INSISTIR , NÃO SÃO ATLETAS DE SELEÇÃO a nível internacional ! São boas em clubes na LBF e só .

Torço pra essa lista final :

Adriana , Joice , Tainá

Iziane , Damiris , Taty , Ramona , Palmira

Erika , Clarissa , Nadia e Kelly


Não ADIANTA a Palmira vai estar entre as doze ! Temos 2 jogadoras que poderiam estar nessa seleção pois são o futuro : Tássia e Joice Coelho com certeza essas duas deveriam estar ai no lugar de Patty e Babi , pois são jogadoras jovens , altas ja com alguma experiência são medalha de bronze no mundial e mereciam um pouco de credito ! Falamos muito que perdemos gerações mas poderiamos ter 3 atletas da geração da Damiris ai e que tem um excelente potêncial e não estão .

Anônimo disse...

Pelo jeito ele tem mais duas parentes a Palmira e a Joyce.

Anônimo disse...

ENGRAÇADO DISSO TUDO NÃO É NEM DE SE ESTRANHAR ESSES RESULTADOS NEGATIVOS QUE JÁ ERAM ESPERADOS, POIS QUANDO DÃO SHOW NO SULAMERICANO, PANAMERICANO, ESSA SELEÇÃO QUE O BARBOSA MONTOU COM SUAS PREFERIDAS. AGORA O QUE É DE ESTRANHAR QUE É JOGADORAS QUE SE DESTACARAM NOS CAMPEONATOS PAULISTA E BRASILEIRO, AINDA SÃO PRETERIDAS A EXEMPLO DA GUERREIRA KARLA COSTA, PODE ATÉ NÃO SER DO SEU GOSTO, MAIS GOSTARIA QUE INDICASSEM UMA MELHOR DO QUE ELA EM SUA POSIçAO. BASTA OLHAR SUAS ATUAÇÕES NESSES CAMPEONATOS. AGORA JUSTIFICAR DIZENDO QUE ESSES JOOGOS SERVEM DE APRENZIDADO E É BALELA,POIS ESTAMOS QUASE A ESTREIAR E NÃO PODEM MAIS FICAR TESTANTO JOGADORAS, ACORDA BARBOSA, SE NÃO VAI ACABAR IGUAL AO DUNGA.

Anônimo disse...

TODOS SABEMOS QUE ADRIANINHA, É UMA JOGADORA EXCELENTE, MAIS ESTANDO EM CONDIÕES NORMAIS, MAIS SE ESTÁ SE RECUPERANDO PORQUE INSISTIR EM LEVÁ-LA.

Anônimo disse...

Eu acho que devemos culpar e todos, mas com certeza as jogadoras por ultimo lugar...senao vejamos:

Adrianinha, Joice e Taina (sao , relativamente boas jogadoras e podem juntas dividir a armacao da selecao)

Damiris, Iziane, Tati, Palmira e Ramona (sao boas alas, especialmente a diversidade da Damiris, a experiencia da Iziane e a Altura e explosao da Tati).

Clarissa, Erika , Nadia e Kelly (forma um garrafao respeitado).

Gnt, a selecao feminina eh versatil demais...so o treinador aprender a mexer com suas pecas.
Coisa que ele nao vem demonstrando fazer desde os jogos da sud-america.

Anônimo disse...

Pelo amor de Deus Kelly já deu o que tinha que dar, essa Paty horrorosa não acerta nada, meu Deus!!!!

Anônimo disse...

No papel e na LBF as atletas realmente não são ruins. Neste elenco tem sete jogadoras com passagens pela WNBA como o Barbosa gosta de frisar, mas na prática esse time tem pontos críticos na armação e principalmente nas alas. Acho até que Adrianinha, Joice e Tainá podem revesar na armação e encontrar um ponto de equilíbrio, pois são jogadoras que já tiveram desempenhos de alto nível com a camisa da seleção, mas até agora isso não aconteceu. Acho até que Tainá deveria ter mais espaço, lembro bem de uma partida dela contra o Canadá em que fez 26 pontos e várias assistências, que atleta hoje no Brasil tem condições de fazer 26 pontos contra a forte seleção do Canadá? Nenhuma ao meu ver, nem Iziane, Clarissa, Damiris ou Erika. Nas alas é o caso mais grave, apenas Iziane tem um desempenho de atleta de seleção. Como resolver isso? Dupla armação seria uma opção (Adrianinha + Tainá, Adrianinha + Joice ou Tainá + Joice) o que deixaria até mais confortável para arriscar com Damiris na posição 3, com duas armadoras para compensar a falta de habilidade de uma pivô jogando como ala. Realmente não entendo porque o Barbosa queimou a Jaqueline. Ela tem poder de fogo, esteve entre as principais cestinhas das últimas três LBF. Foi a cestinha da edição do ano passado. Deveria realmente repensar sua decisão pois uma ala com poder de pontuação é tudo o que essa seleção precisa e isso está mais do que claro. Agora não adianta chamá-la de volta e não colocá-la para jogar. Precisa dar espaço, passar confiança, deixá-la mostrar o que sabe fazer, conceder 20 minutos por jogo pelo menos. Volto a dizer: Gil é muito mais útil nesta seleção do que Kelly. Se a queridinha do Barbosa já foi inútil nesses jogos na França, pra que ela vai servir quando tivermos Erika, Clarissa e Nádia como melhores opções para a posição que ela joga? Levar Kelly como quarta opção para a posição 5 e deixar apenas a Damiris como especialista na posição 4 é um baita tiro no pé, ainda mais se ela realmente for usada na posição 3, aí ficaremos sem nenhuma atleta especialista na posição 4 e quatro atletas especialista na posição 5. Surreal. Sobre a Karina não preciso nem comentar, os números ou a falta de números falam por si. A Gil é um ótima ala/pivô, quem viu o que ela fez na Copa América sabe o que estou dizendo. Que o Barbosa acorde e jogue a panela fora. Isso nunca deu certo.

Anônimo disse...

Sempre defendi Karla na seleção, mas aos 37 anos deu para ver na última LBF que realmente ela já não rende mais como antes. Já jogou três Olimpíadas. Vamos virar a página.

Anônimo disse...

GALERA o problema é mais GRAVE do que dizer quem pode ou não jogar ! As JOGADORAS NÃO ESTÃO PONTUANDO ! Ou seja " FORAM CONVOCADAS AS MELHORES " mas as melhores NÃO ESTÃO FAZENDO PONTO . Joice por exemplo desde o começo da preparação nunca a vi fazer tão poucos pontos . Salvo exceções Damiris , Tati , Nadia e IZIANE as outras NÃO CONTIBUIRAM com quase nada contra a França em 3 jogos . Será que em menos de um mês elas vão começar a fazer 20 pontos por jogo ? Acredito que não ! Só por isso corremos o risco sim de nem ganhar do Japão se a média de pontos em 2 quartos do primeiro tempo voltar a ser 22 ou 17 . Imagina isso acontecer nas olimpiadas . A CBB é a DESGRAÇA do nosso basquete FATO . Mais por exemplo no caso da Tainá eu acompanho o desenvolvimento dela desde o começo com o Zanon . Sabemos que ela fez uma Copa America MEDONHA mais jogou um Panamericano muito bom e eu ja vi essa menina praticamente GANHAR um jogo contra o Canadá pro Brasil , este mesmo Canadá que está ganhando de todo mundo ou seja . Tássia , Joice Coelho tinham que estar juntas nesta seleção elas são de uma geração Bronze em mundial experiência em Olimpíada e Mundial e são boas jogadoras ou seja elas são nosso futuro mais qual valor temos dado a elas? Falasse muito que CBB destroi gerações e o que estão fazendo ? Como estas jovens vão ganhar SEGURANÇA e soltar seu jogo se ninguém aposta nelas da forma correta ? Poderiamos estar com uma seleção com uma base ja sendo preparada pro Japão por exemplo :

Tainá , Joice , Tássia

Iziane , Ramona , Taty , Damiris , Joice Coelho

Erika , Nadia , Clarissa , Fabiana Caetano


Se a base que vai jogar praticamente o TEMPO TODO pelo jeito é Adriana Clarissa Erika Damiris e Iziane essas jovens jogadoras poderiam sim estar nesta seleção ja se preparando e ganhando experiencia pro futuro pois é o que TEMOS pro futuro ! Não adianta !

Anônimo disse...

Fabi Caetano?

Anônimo disse...

sobre um comentário acima.......a paty pode ser tudo......menos horrorosa.....kkkkkkk

Schineider Oliveira disse...

isso eu concordo! E vou mais alem, ela nao eh tao ruim assim...ja k nossas alas tbm nao sdao la essas coisas...ma torco pras meninas, soh keria ver a GIL, nessa selecao!