sábado, 16 de janeiro de 2016

Evento teste - Jogo # 4 - BRASIL 66 x 52 ARGENTINA


Brasil: Cacá,  Palmira, Iziane, Clarissa e Erika.
Argentina: Gretter, Boquete, Pavon,  Ornella e Burani. 

Jogo de pivôs do Brasil começa eficaz. Os 6 primeiros pontos foram anotados por Erika e Clarissa (4 de cada).  Com 5 minutos de jogo o placar aponta 11 X 9 para as brasileiras.

Faltando 3min30, o jogo está empatado em 11 x 11, com atuação predominante das nossas pivôs.

Após duas faltas de ataque seguidas, a seleção brasileira está atrás do placar: 11 x 13. A defesa, inicialmente boa, começou a apresentar falhas e as argentinas aproveitaram para marcar pontos de infiltração. Pela Argentina, Andréa Boquete (Venceslau) é a cestinha com 5 pontos.

Faltando 2min47, o Barbosa pede tempo.

Sai Érika e entra Jacob. Faltando 1min25, Cacá acerta um arremesso, mas a Argentina continua na frente: 13 x 17.

Faltando 1min13, o placar é de 13 x 20 para Argentina.

Após erros de arremesso do Brasil, a Argentina aumenta: 13 x 23.

Fim do primeiro tempo com 23 x 13 para Argentina. Érika está no banco com duas faltas.

E o segundo quarto começa com cesta da Argentina: 13 x 25.



A seleção tem errado muito lances livres e a marcação nas pivôs está freando o ataque da seleção.

O jogo está 27 x 19 no segundo quarto, com direito a Palmira armando jogo.

E a Argentina continua castigando na bola de três: 19 x 30 para as hermanas.

Após três boas defesas e três bolas recuperadas, o placar baixou para 23 x 30. Palmira tem dois lances livres.

Palmira converte os lances livres: 25 x 30.

Iziane marca mais dois pontos: 27 x 30. Tempo da Argentina.

Faltando 1min, Iziane tem dois lances livres e pode empatar o jogo: 28 x 30.

Iziane só converte um lance livre: 29 x 30. Os lances livres tem sido o calcanhar de Aquiles da seleção nesse jogo.

Iziane converte bola de três e a seleção passa a frente: 33 x 32.

Faltando 15 segundos, a Argentina comete falta no ataque.

Fim do primeiro tempo: 33 x 32 para o Brasil.

Pontuaram pelo Brasil: Clarissa (9), Iziane (9), Érika (4), Karina Jacob (4), Cacá (3) e Palmira (2).

Pontuaram pela Argentina:  Andréa e Ornela com 8 pontos e Agostina Burani com 7 pontos.

Começa o segundo tempo. Barbosa coloca em quadra Palmira, Iziane, Ramona, Clarissa e Érika.

Érika converte cesta e sofre falta: 37 x 34.

Mais dois pontos de Érika: 39 x 34.

Argentina converte bola de três pontos e Palmira responde na mesma moeda: 42 x 37.

Faltando 3min34 do terceiro quarto, Clarissa começa a aparecer no jogo e o placar é de 46 x 37.

Falta técnica da Argentina.



Faltando 1min20, Iziane converte mais dois pontos e a seleção brasileira, enfim, vai abrindo no placar: 53 x 39.

Fim do terceiro quarto e a seleção brasileira vai vencendo por 53 x 39. Clarissa e Iziane são as cestinhas com 13 pontos.

No último quarto, a seleção argentina faz 5 pontos seguidos e diminui a vantagem para 9 pontos: 55 a 46.

Faltando 5min40 do último quarto, Iziane converte mais 3 pontos e o placar é de 62 x 48.

Argentina diminui a vantagem: 62 x 50.

Faltando 1min43 do último quarto, o placar é de 66 x 50. Iziane tem 20 pontos.

Fim de jogo: 66 x 52.

Pontuaram pelo Brasil: Iziane (20), Clarissa (13), Érika (8), Ramona (8), Palmira (8), Karina Jacob (6) e Cacá (3).

Pela Argentina, as cestinhas foram Ornella e Andrea (ambas de Venceslau) com 10 pontos.




19 comentários:

Hugo Perez disse...

COMENZO BRASIL - ARGENTINA??

Anônimo disse...

Boa Brasiiiiil!!

Anônimo disse...

Alguns probleminhas Barbosa.Imagine na Olimpíada,com certeza serão problemões.

Anônimo disse...

Fala para a Alessandra por o uniforme e entrar em quadra

Anônimo disse...

Como foi a armação da Palmira?

Debatendo o Esporte disse...

PELO CENÁRIO CATASTRÓFICO DESSE EVENTO COM O BOICOTE, ESSE RESULTADO ESTA NA NORMALIDADE DO BRASIL. E PARQUE QUEM GANHOU DA MESMA ARGENTINA E AUSTRALIA JÁ É UM PASSO IMPORTANTE PARA OS TORCEDORES APAIXONADOS NÃO ABANDONAREM O BASQUETE FEMININO. PRECISARIA UMA MUDANÇA RADICAL NA ESTRUTURA POLITICA DA CBB E FEDERAÇÕES QUE SÃO OMISSAS E CONIVENTES COM ESSA SITUAÇÃO DE CAOS.

Anônimo disse...

Pontuaram pelo Brasil: Iziane (20), Clarissa (13), Érika (8), Ramona (8), Palmira (8), Karina Jacob (6) e Cacá (3). Das 12 jogadoras brasileiras só 7 pontuaram? O que aconteceu com as outras? Ou será q o Barbosa continua sendo o Barbosa?

Beto disse...

A CBB deixa a desejar com o basquete feminino a ANOS !! O Colegiado de clubes foi uma coisa muito boa que aconteceu . NUNCA vi desde a aposentadoria da Janete nossa seleção tão em evidência na mídia . Quem REALMENTE torce e acompanha o basquete feminino está muito feliz com os resultados que estão aparecendo e mesmo perdendo amanhã pra Australia coisa que eu acho que não irá acontecer pois as meninas estão com sangue nos olhos lá esse torneio ja foi válido !! As meninas que estão lá merecem TODO RESPEITO pois não foram elas que colocaram nosso basquete feminino no buraco , muito pelo contrário elas sempre estão lá nos representando tentando vencer na QUADRA que é o melhor lugar pra se conquistar !! Agora projetar a briga do colegiado com a CBB em cima das atletas que estão lá é de uma covardia tremenda !! O Barbosa por mais que não gostem está fazendo com essas meninas em 10 dias o que em 3 anos não foi feito com nosso basquete feminino . E tenho Fé que amanhã as meninas vão sair de lá com o título pois elas são as ÚNICAS que merecem ali receber a glória por seu trabalho !! Precisamos aprender a separar as coisas em determinadas situações !! Torcer quando tudo está bem é muito fácil !!

Anônimo disse...

E o Barbosa não enxergou ainda que nessa seleção só tem 3jogadoras:Érica,Clarissa e Iziane as demais são apenas coadjuvantes.

Anônimo disse...

Anonimo, o que aconteceu com as outras?

Bem, as tres novatas não devem ter entrado.
Fellipus não marca nem no Maranhão. Está esquentando o lugar da Nadia.
A Julia, se entrou, não deve ter pontuado. Só isso.

Beto disse...

Sinceramente tem pessoas aqui que se dizem torcedoras do basquete feminino , mais que pelos comentários parece mais é que TORCEM CONTRA !! Os problemas com relação a gestão da CBB não nasceram com o colegiado , vem de ANOS . A criação do colegiado de clubes foi uma coisa boa pois jogaram-se muita coisa no ventilador e trouxeram a evidência de uma forma que não tiveram como esconder os problemas do basquete feminino . Porém PROJETAR essa culpa em cima das jogadoras da seleção que estão lá em meio a tudo isso lutando por um resultado positivo pra nós é de uma COVARDIA sem tamanho . O basquete feminino não está no buraco por causa delas , não são elas que vestem paletó e gravata e vão gerir a modalidade . Ou seria mais bonito não termos levado uma seeleção pra este torneio como se isso fosse mudar algo ? A chave para o sucesso do basquete feminino não está na CBB e sim nos clubes , em uma liga forte ! Aqueles que se dizem amantes do feminino , dê uma olhada na história do NBB . Vocês vão ver que eles tomaram uma ATITUDE de parar de depender dos outros e estão mudando a HISTÓRIA do masculino !! SEM AJUDA NENHUMA DA CBB !! Fico triste em ver pessoas projetando nas atletas uma situação como se fossem elas as causadoras de tudo isso ! Pelo menos elas estão lá doa a quem doer defendendo UMA NAÇÃO tentando na quadra resgatar um pouco do prestígio que esses cartolas só fizeram em destruir e por isso elas merecem apoio e respeito !! O Barbosa gostem ou não conseguiu fazer com essa seleção DESFIGURADA , o que não fizeram em 3 ANOS . Recuperamos as 2 derrotas vexatórias pra Argentina e ganhamos uma partida da Australia coisa que nem na época da Janete , Paula estava acontecendo . E hoje vamos ganhar denovo . E aqueles que não tem a CAPACIDADE , INTELIGÊNCIA e MATURIDADE de separar as coisas por favor continuem torcendo contra na Olimpiada também pois lá ainda serão os mesmos gestores !! Ser torcedor quando está tudo bem é muito FÁCIL !!!

Anônimo disse...

Pelos números Ramona e Palmira estão mais fortes na briga por vaga na seleção, certas estão: Iziane,Érika, Clarissa, Damiris, Adrianinha,Nádia.
Pessoalmente acho Gil e Tainá boas opções. Faltam 2 para completar que seriam as selecionáveis... Será que vai passar jogos na tv?
Rede tv tem passado superliga e nbb...

Anônimo disse...

É seu Barbosa, não é fácil....Palmira na armação, acho que vc vai tem que assediar a Adrianinha.

Tá mais que evidente que só Erika, Clarissa, Iziane e Ramona podem contribuir para seleção nas Olimpíadas.

Erico disse...

Cade o Paulino pra dizer que o unico destaque era a Vega/

PAULINO disse...

Erico, o único DESFALQUE importante da Argentina é a Gisela Vega.

Macarena Rosset também é desfalque, mas não é mais importante que Gretter e Boquete.

Vamos torcer para uma boa exibição hoje, independente de vitória, pois sabemos das dificuldades.

Abcs

Lucas Canossa disse...

MEU DEUS ! VOCÊS SÓ SABEM CRITICAR E CRITICAR !

Beto disse...

Quem está criticando o trabalho que nem começou direito e já está valendo por mais de 3 anos que ficamos nas mãos do Zanon é tão BURRO que ainda não conseguiu DISCERNIR que se o Barbosa colocou Palmira para armar foi porque graças a não apresentação das armadoras o Brasil ficou sem opções !! E que bom !! Palmira entrou e virou o jogo pro Brasil !! Dá pra perceber aqui que em termos de seleção ou seja as jogadoras que estão lá vestindo a camisa não é só a CBB que estraga a imagem do feminino não , tem muito torcedor aqui que deveria dar as mãos a eles !! Lamentável isso !!

PAULINO disse...

Enrico, também tem a Stephanie Thomas, uma 3 forte que também mete bola.

MeninoBionico disse...

Parabéns! Botou a argentina no lugar deles. chega de perder da Argentina e Canadá. Estava ficando feio. |Graças a Deus Barbosa voltou e com o tempo vai botar ordem nessa seleção, trazendo reforços e novos talentos. Bem ou mal, ele sabe bem o que faz.