quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Corinthians alega abandono, exige multa de Clarissa e atrasa ida à Turquia (Globoesporte.com)

Link: aqui!

22 comentários:

Anônimo disse...

Esse Molina esta realmente desorientado mesmo, desesperado. Vai acabar com o Time de Americana, vai perder a parceria com o Corinthians. O ultimo que sair apague as luzes kkkk

Anônimo disse...

E porque a armadora da Argentina também não foi demitida e multada?
Ela ficou longe dos treinos pelo mesmo período de Clarissa.
E o clube tinha ciência dos dois casos, porque as convocações para as seleções são encaminhadas para cada clube.
Imagina como a diretoria do Corinthians (futebol) está feliz em ver o nome do clube junto com tantas notícias negativas e o NBB que veio ajudar a LBF idem.
São instituições grandes, não tem porque arranhar a sua reputação por causa do basquete feminino.
Em breve devem cair fora.
Acho tão triste tudo isso.

Anônimo disse...

Peça ao fabio jardini para pagar kkkkkk

Anônimo disse...

O Fabio Jardini acabou com o basquete feminino!

Anônimo disse...

Boa idéia essa.Fabio Jardini que pague afinal ela deve dar um bom lucro para ele kkkkk

Anônimo disse...

Fabio Jardine, paga aí.

Anônimo disse...

corretíssima a atitude do clube.....o abandonou, assim como suas companheiras de equipe sem nada falar....tem que ser demitida e arcar com a multa rescisória...simples assim......

Anônimo disse...

Ela não foi liberada para treinar com a seleção, tem que analisar o contrato, o agente deveria orientá-la melhor.
Quanto a argentina, o clube deve ter liberado, simples assim, o clube não é obrigado a liberar ninguém, ele libera quem ele quer.
O que mais me intriga é o agente ter orientado as outras a não se apresentarem, e só ela a se apresentar....

Anônimo disse...

Que situaçao chegou o nosso basquete? O Molina deveria ter encerrado esse assunto, mas ele resolveu acionar a justiça e solicitar cumprimento do contrato. Com certeza o Clube de americana recolho todos os direitos trabalhista e assina a carteira de todas as jogadoras. Ao revelar que a jogadora Clarissa recebia mais de 40 mil por mês, e exigir cumprimento do contrato.. o mesmo Molina deve estar ciente que os 40 mil deveriam estar registrados em carteira, deveria recolher imposto, previdencia, FGTS.. tudo como manda a lei.. To vendo que outra síndrome do panico vai atacar esse dirigente.

Anônimo disse...

Gente, isso tá uma vergonha!!! Devemos ter mais razão e menos emoção!! Esquecer os sentimentos infantis e, de outra banda, enaltecer o que é melhor para o basquete feminino! DEIXEM A CLARISSA JOGAR BASQUETE EM PAZ!! É SÓ ISSO QUE ELA QUER: JOGAR!!!

Anônimo disse...

Quem vai pagar é o Molina kkkkk
O prejuízo vai ser dobrado: financeiro pela quebra do contrato. E esportivo, porque sem Clarissa esse time de Americana não fecha nem na final da LBF kkkkk

Paulo Sérgio Baptista disse...

Somente comentários anônimos... o que é isso ! E a democracia ? Sem luta não se melhorara nada. "Quando o bem se cala o mal prevalece" O basquete feminino merece todo apoio e respeito e ao menos boa vontade... São muitas pessoas dedicadas e envolvidas e comprometidas dando suar, sangue e a vida nisso, além de que, o basquete como o esporte em geral, é o grande vetor que transforma pra melhor a vida de milhares dos nossos jovens neste Brasil. Viver eternamente deitados em berço esplendido não por favor! Progresso!

Anônimo disse...

QUE ABSURDO, ELA TAVA DEFENDENDO A SELECAO, PROBLEMA DE DIRETORIA, NÃO E PROBLEMA DE ATLETA. ELA AINDA VAI ARRANCAR UMA GRANA DE AMERICANA HAHHAHA

Anônimo disse...

Uma coisa a torcida de Americana pode ter certeza. Clarissa ñ volta a jogar mais na cidade.

Tomara q Mangueira realmente venha próxima temporada e traga Clarissa

Anônimo disse...

Comentário no UOL:

fabionogueira ontem
Como torcedor do time e advogado, só tenho a dizer que nunca vi tanto amadorismo assim, tanto do clube, quanto do departamento jurídico. Além de rescindir o contrato da atleta mesmo sabendo que a chance de perder a ação trabalhista que a atleta deverá promover contra o clube é de 99,99%, ficam expondo a mesma a uma situação constrangedora com cobranças abusivas e comentários depreciativos e ainda deixando tais fatos se tornarem públicos em órgãos da imprensa, tornando muito fácil conseguir uma indenização por danos morais contra o clube. Simplesmente ridículo!!!

Anônimo disse...

As pessoas de Americana são meio míopes né? Até parece que o agente tem o poder de obrigar a atleta a fazer o que ele quer. As insinuações do Molina são tão infantis e a galera de Americana embarca na dele. O agente da Clarissa é o mesmo da Joice de Americana, da Tatiane, da Tássia, da Tainá. A Clarissa entendeu que deveria atender a convocação para a seleção e foi.
Fez o que ela quis e acha certo fazer. As outras com certeza também queriam jogar na seleção, mas ficaram com medo de perder o emprego. Os dirigentes que amam o basquete e só querem o bem da seleção brasileira obrigaram suas atletas a escolher entre o emprego no clube ou jogar pela seleção nas Olimpíadas do Rio de Janeiro Tão coerente, né? Tão bonzinhos eles...

Anônimo disse...

Anonimo 9:42 - vc esta torcendo para Americana não chegar na final né?! Vamos ver se isso realmente vai acontecer. Sou mais o Vendramini com esse time do que Lisdeive e Dornelas (quw perdeu tudo para o Vendra até agora). Vendramini retornou em 2013 e ganhou todos os titulos que disputou até agora. Vamos aguardar!

Anônimo disse...

Bom senso e caráter passaram longe, já o rancor ...

Anônimo disse...

Patético e mimado esse tal de Molina. Tinha tudo pra ajudar o basquete a se tornar melhor, mas preferiu vingar o orgulho ferido e acabar com qualquer chance de melhora que o colegiado pleiteava. Tsc tsc tsc

Anônimo disse...

alguem sabe onde está jogando a ariani?

Anônimo disse...

O Sampaio Correa Basquete liberou todas as suas jogadoras convocadas para os jogos-testes da seleção e não houve prejuízo algum!

Anônimo disse...


Gente a questao do abandono está após a selecao. O clube voltou atrás e nao ia mais mandar ela embora. Só ia descontar os dias q ela ficou fora. Entraram num acordo com os advogados, mas ela nao aceitou e foi embora pra Turquia. Por isso estao alegando abandono. E em relação ao registro na carteira, elas nao possuem isso. Todas as atletas possuem Firma (CNPJ) e recebem como prestadoras de serviços.