domingo, 22 de novembro de 2015

E Vendramini segue

vendra2

9 comentários:

Beto disse...

É este o CAMINHO SIM , e esta é a Hora daqueles que realmente AMAM o Basquete Feminino Brasileiro de Compartilhar nas redes e se unir a este Movimento que visa REGATAR a DECÊNCIA na Gestão do Basquete Feminino do País e a Dignidade e o Respeito de nossas atletas e meninas da Base . Esta é a hora de fazer Barulho . O que estes caras estão fazendo é algo de MUITO CORAJOSO quero ver agora quem será MULHER ou HOMEM suficiente para os apoiar . Será que participar de uma Olímpida é mais importante do que RESGATAR a Dignidade e o Respeito ao nosso basquete feminino ? Fica ai a questão galera !!

Anônimo disse...

Bert , por favor não some mais não. Precisamos de você. O basquete feminino precisa de você. Sem você nossa briga contra o descaso da CBB fica difícil. Você faz parte do basquete feminino. Abrc

Milene Araújo disse...

Infelizmente a confederação não tem respeito pelas jogadoras, técnicos, clubes e torcedores! Na verdade eu acho que eles não conhecem o significado dessa palavra! Onde estavam o técnico e o presidente da CBB nesse início de campeonato? Torço pelo Sampaio e pelo MB e sai de São Luís pra Recife pra acompanhar a estreia do Sampaio basquete na liga. E sabe porque fiz isso? Porque amo esse esporte e respeito a história do nosso basquete feminino. O BASQUETE precisa de pessoas atuantes e que amam e respeitam o basquete como vc, Bert!
Parabéns ao grande Vendramini pela iniciativa!

Adriano Martins disse...

CBB lixo,incrível a incapacidade desta entidade que só tem olhos para o basquete masculino não torcedores não aguentamos mais esse descaso com o basquete feminino até quando isso?ate quando?CBB lixo precisamos de dirigentes como Molina técnicos como vendramini na seleção esperado que estas mensagens chegue na CBB e eles tomem providencia

Adriano Martins disse...

CBB lixo cada vez que mais a torcida brasileira vem sentindo desgosto de torcer pelo basquete feminino quanto pelos clubes quanto seleção CBB só tem olhos para masculino feminino e esquecido vergonha CBB

Anônimo disse...

Concordo com os comentários e compartilho tb os comentários do Vendra, pois todos os amantes do basquete feminino deve abraçar essa causa esse é o momento de começarmos a fazer uma corrente de de informações e compartilhamentos. Sou de ourinhos e confesso que a cidade esta muito triste sem o nosso basquete de ouro. Tentamos voltar mas não tivemos apoio e nem retorno, parece que nossa história nunca teve valor. Enquanto esses dirigentes estiverem no comando o basquete só vai afundar cada vez mais. Quantos clubes passando por dificuldades e os órgãos gestores (CBB/Liga) não dá nenhum retorno, apoio. É assim que nosso basquete é tratado enquanto vc pode se sustentar sozinho esta bom, quando precisa de apoio vc não existe.

Anônimo disse...

O Molina escreveu no facebook em resposta ao Vendra que não libera mais jogadoras de Americana para a seleção enquanto a CBB não tomar providências e apresentar aos clubes um planejamento para as Olimpíadas. Sim, aos clubes, pois são eles e apenas eles que mantém o basquete feminino vivo no Brasil. Existe uma pressão para o Dornelas fazer o mesmo no América. E agora, Vanderlei/Nunes/Zanon?

Anônimo disse...

to chocado......fiquei fã do vendra agora....depois dessa levanta desta cadeira e pede pra sair sr zanon.......moeu com vc.....meodeos.........

Anônimo disse...

Vendramini no lugar do Zanon! Fora Zanon, Carlos Nunes e sua trupe!