domingo, 25 de outubro de 2015

Corinthians/Americana bate Santo André e é Campeão Paulista


O Corinthians/Americana fez valer seu favoritismo e conquistou o heptacampeonato estadual neste sábado (24), o quarto de forma consecutiva. Em jogo único pela decisão do Campeonato Paulista de Basquete Feminino, o Timão venceu Santo André por 83 a 58 (43 a 25 no primeiro tempo), no ginásio Mario Antonucci, no Centro Cívico, e fez a festa diante da torcida. A conquista veio com 100% de aproveitamento em quatro partidas no torneio.
Antes do jogo, as americanenses tiveram um problema de última hora. A pivô Damiris do Amaral, principal pontuadora do time na primeira fase, sentiu uma lesão na perna direita e ficou de fora.

"Cada título tem alguma coisa em especial. Hoje (sábado) pela manhã eu soube que não poderia contar com a Damiris. Mas superamos as adversidades e provamos que nosso grupo é muito bom e está de parabéns por mais esta conquista. Mostramos que somos um sério candidato às finais da LBF (Liga de Basquete Feminino)", destacou o técnico Antônio Carlos Vendramini, que conquistou seu 13º título estadual na carreira.

Mesmo sem Damiris, o Corinthians/Americana não encontrou dificuldades para bater Santo André, ao contrário do confronto entre ambos na semana passada, quando a vitória veio por apenas três pontos de diferença. Desta vez, a vantagem já era de 15 pontos ao término do primeiro quarto, e só aumentou nos períodos seguintes.

O time teve um começo avassalador. Marcando forte e aproveitando bem as chances nos contra-ataques, Joice e Karla comandaram o ataque americanense. A primeira marcou seis pontos seguidos, enquanto a segunda acertou a mão nas bolas de três e puxou o placar elástico logo no primeiro quarto: 24 a 9.
A boa vantagem permitiu que as donas da casa controlassem o segundo quarto. As armadoras Babi e Meli Gretter controlaram o relógio e deram segurança para que o time buscasse as cestas dentro do garrafão com Gil e Clarissa. Mesmo com o time visitante mais ligado, o Corinthians/Americana foi para o intervalo na frente: 43 a 25 Na volta para o segundo tempo, o Santo André veio para o tudo ou nada, chegou a melhorar na partida, mas não conseguiu voltar para o jogo, terminando o terceiro período atrás (60 a 39).

No último período, as americanenses aproveitaram melhor os contra-ataques e conseguiram confirmar a vitória sem grandes dificuldades.

A certeza de título era tão grande que, faltando um minuto para o término da partida, a torcida já gritava "é campeão". Nas arquibancadas, aliás, ocorreu uma "disputa" inusitada. Para incentivar o time em quadra, a maior parte dos torcedores gritou o nome da cidade de Americana, assim como já fazia antes da parceria com o Timão.

Paralelamente, duas torcidas organizadas do Corinthians ecoavam o nome do clube enquanto o restante do ginásio vibrava por Americana.
Fonte: O Liberal
Estatísticas: aqui!

8 comentários:

Anônimo disse...

Não vejo motivos para comemorar, muito pelo contrário...

Anônimo disse...

Karla 24 pontos na final do Paulista.
Não tem como estar fora da seleção para dar lugar a atletas que não rendem 20% do que a Karla rende em quadra.

Anônimo disse...

agora ninguem aguenta esse tecnico hennn

Ainnem Agon disse...

Nesse jogo final TODO MUNDO de Santo André jogou bem mal. Tássia estava fria, Sassá atirou 0-9999999, e as veteranas não conseguiram jogar o seu basquete normal.

Anônimo disse...

Anonimo 16:01.....mimimimimimimimimimm

Anonimo 17:32.....mimimimimimimmmimimimmim

Anônimo disse...

REALMENTE NÃO TEM COMO NÃO ELOGIAR ESSA KARLA GUERREIRA, ESTÁ ARREBENTANDO.

Anônimo disse...

Ninguem aguenta esse tecnico? Realmente o cara ganha tudo que disputa, deve ser dificil mesmo para que torce contra. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

JOAO MARCOS ZANA disse...

AMERICANA TROUXE A PARCERIA COM CORINTHIANS E ESPANTOU A TORCIDA!!