sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Brasil x Argentina

O confronto entre Brasil e Argentina comecou de forma assustadora. Como se esperava, as hermanas entraram imprimindo muita velocidade e sufocante na defesa, desestabilizando o ja limitado ataque brasileiro.




O placar rapidamente chegou a 6 x 0, e, apesar de uma ligeira reacao verde amarela, o 1o quarto foi amplamente dominado pela equipe de Gisela Vega. Alem do placar, que apontava 21 x 12, Nadia, nossa melhor jogadora em Edmonton, ja tinha cometido 3 faltas (uma das quais antidesportiva). Karina Jacob, discutindo bastante com a arbitragem, tambem foi substituida.






O segundo periodo comecou com Gilmara e Kelly no garrafao. A Argentina, tambem com o time ja bastante mexido, mantinha-se consistente. O Brasil continuava sem nenhum padrao no ataque, e, mais uma vez, a sensacao era que o time estava completamente perdido. e a diferenca so crescia. A saida de Nadia piorou a situacao, pois Kelly nao conseguia finalizar suas investidas,





A diferenca no 2o quarto chegou a 18 pontos, e nem mesmo os tiros certeiros de Debora (5 pontos em sequencia) diminuiram o placar, que ao final dos primeiros 20 minutos acusava 38 x 24.






O Brasil voltou melhor do intervalo. Iziane converteu algumas bolas e diminuiu um pouco a diferenca. Nadia, tambem em quadra, ajudou com rebotes importantes e um toco em Vega, mas logo cometeu sua 4a falta e precisou ser substituida por Gil.





Faltando 4.32 para acabar o 3o periodo, Iziane (em cobranca de lances livres) trazia a diferenca para 7 pontos; ela ja tinha 17 aquela altura.





Iziane seguia carregando o quinteto argentino, e convertendo os tiros livres. Quando o placar apontava 45 x 40, o tecnico portenho pediu tempo e, finalmente, viu-se vibracao em todo o time brasileiro.





Os times seguiram trocando cestas. A defesa brasielira voltou a bater cabeca deixando sempre uma argentina livre para pontuar.





O quarto final iniciou com o placar de 55 x 49 e logo a diferenca caiu para apenas 2. Faltando 7 minutos finalmente o Brasil passava a frente com uma cesta de 3 pontos de Iziane. A mesma terminou o jogo com 25, sua melhor pontuacao em Edmonton.




O jogo seguiu la e ca. Gil, que fazia uma excelente partida (ja tinha 12 pontos) foi substituida por Nadia, que voltava com 4 faltas a 4.36 min do final.





O jogo ganhou sinais de dramaticidade, com erros de lado a lado. O Brasil perdeu diversas oportunidades de abrir no placar, e, como ja tinha chegado a 5 faltas coletivas, fazia faltas infantilmente ao falhar no ataque, possibilitando lances livres as adversarias. A experiencia de Iziane fez com que a mesma reunisse o time na quadra para alertar esse detalhe.





Faltava 1.30 min e a diferenca era apenas de 1 ponto para o Brasil, mas um erro possibilitou um contrataque que levou a Argentina novamente a lideranca por 68 x 67.






Aos 40 seg, Jaque precipitou um arremesso de 3, e, na volta, Andrea Boquete mostrou como fazer: cesta de 3 e diferenca em 4 pontos faltando 13 segundos.  Esse lance decidiu a partida pois, apesar de 2 pontos de Nadia, a vitoria azul e branca estava consolidada. O Brasil ainda cometeu falta e o placar final ficou em 73 x 69.


 


Vitoria historica da Argentina. A comemoracao em quadra pareceu de conquista de campeonato mundial, afinal, a ultima vez que isso ocorreu foi na final do sul americano em 1956.





39 comentários:

Anônimo disse...

Vergonhoso!!!!

Anônimo disse...

Só nao entendi pq o Zanon fez aquilo. A Gil era a melhor jogadora em quadra e ele simplesmente tirou ela. Ela estava 100% nos Lances Livres. Certas substituições q nao entendo, tinha a vitoria nas maos, mas 2 bolas perdidas no fim entregou a vitoria pra Argentina. Pura falta de experiencia

Por isso q eu digo. Tem q levar as novinhas????

Tem sim, mas pra ficarem no banco vendo as veteranas jogarem, nesse momento decisivo duvido q Adrianinha, Karla e cia perderiam essa bola.

Anônimo disse...

Deus que me livre dessa Tainá Paixão, ela simplesmente enterrou a partida, comeu a bola, , não converteu dois lances livres e na sequencia errou dois passes que foram cruciais para a vitória Argentina, o sr Zanon por sua vez, não parou o jogo e pior, não a substituiu, oras, faltando 2,25, o Brasil estava a frente, qual seria a lógica? gastar os 24 segundos e finalizar no final, queimamos bolas bobas, passes errados, A argentina mereceu a vitória, e nós com um timinho pífio em quadra perdemos para as hermanas que tem um timinho medíocre, mais que tem a diferença em seu favor, a Garra que as brasileiras deixaram em solo tupiniquins, la men tá vel

Anônimo disse...

Depois desse vexame nao precisa falar mais nada...Fora Zanon!!! Vergonha! Fora Zanon! O mesmo Zanon disse antes do inicio da Copa America que ia conquistar a vaga na quadra, lembram? Pois è, nao ganha da Argentina vai conquistar vaga onde? Pega suas malas e some da seleçao Zanon pelo bem do basquete feminino. E perde do Canada de mais de 20 pontos. Acorda CBB nao podemos passar esse vexame em casa nas Olimpiadas. Fora Zanon! Fora Zanon! Fora Zanon! Fora Zanon! Fora Zanon! Fora Zanon!

Anunnaki disse...

Derrota prevista! Quem acreditava que com esta seleção que está aí iríamos ganhar alguma coisa, estava enganando a si próprio! Lamentável!!

Anônimo disse...

Realmente AGORA ESTAMOS NO FUNDO DO POÇO !! Não adianta os defensores de algumas atletas virem aqui defender uma coisa que precisa ser analisada com frieza pois só assim TALVEZ consigamos evoluir .

Zanon : Começou uma renovação COMPLETAMENTE EQUIVOCADA ! Erika , Iziane , e Joice Rodrigues tinham que ser o PILAR desta renovação e sabe por quê ? Salvo Iziane (que vou comentar mais a baixo ) Joice e Erika FIZERAM UMA EXCELENTE Olímpiada em Londres e já sabiamos da dificuldade da armação ali mesmo, pois a Adrianinha se aposentou ali por isso a Joice pelo que jogou e pela experiência adquirida deveria ter sido mantida pra SUSTENTAR essa armação . Eles pegaram atletas limitadas tecnicamente , BAIXAS para os padrões internacionais mesmo nós TENDO sim opções mais interessantes . Agora estamos com uma seleção HORRÍVEL tecnicamente com um monte de jogadoras com idade avançada e BAIXAS . Esta seleção deveria ter sido montada com essa BASE que mencionei e jogadoras do sub 21 altas e fortes que com um trabalho forte técnico e físico , com certeza estariam mesmo perdendo dando um alento pra nós . Agora temos uma seleção BAIXA , sem ARMADORA , cheia de VETERANAS e MUITO RUIM TECNICAMENTE . Que excelente trabalho em Zanon !! E o discurso de que nossa seleção precisa de jogos internacionais como se explica , Taina , Debora , Jaqueline jogaram o ultimo mundial e agora ? Cadê a maturidade o desenvolvimento ? Essas meninas precisam de TREINO TÉCNICO Sr Zanon , isso sim é o que elas precisam .

Hortência : Que falta faz pro basquete Feminino !!Ela cometeu alguns equívocos quando era Diretora mais hoje vejo que seus equívocos eram acertos ! Ela apostou na Iziane pois sabe que a Iziane é diferenciada tecnicamente . Ela CANTOU A BOLA o Brasil NÃO TEM ARMADORA precisa naturalisar pro Rio 2016 !! E como foi crucificada pelos FALSOS MORALISTAS de plantão . E agora? Todas as equipes da Europa parecem ter ouvido o que a Hortência disse e correram para se fortalecer e naturalisar uma excelente armadora e até nisso ficamos pra traz mesmo tendo aqui na nossa LBF 2 atletas jovens e excelentes armadoras americanas que poderiam pelo menos serem sondadas para uma possível naturalização , Erica Weeler e Jasmine James . Quem ENTENDE de basquete feminino tem a sensibilidade para RECONHECER isso e é disso que o feminino precisa !! E dessa forma podemos ver a SERIEDADE com que a CBB trata o feminino . No masculino o Mangnano disse que queria o Larry Taylor 6 meses depois ele era " BRASILEIRO " Isso é ter IGUALDADE no basquete ?

Não tem o que dizer mais , temos uma seleção MUITO FRACA , renovada de forma ERRADA , sem apoio da CBB com um técnico que hoje não sei se é a melhor opção pro feminino pelo que vem apresentando em quadra além da parte técnica ruim nossa seleção mostrou uma DEFICIÊNCIA muito grande na marcação também . O que Julio Patricio está fazendo na comissão técnica ? o que ele fez de resultado pelo Brasil gente ? Só por ai ja dá pra ter uma noção de como nossa seleção está sendo bem treinada . O time dele na ultima LBF foi o LANTERNA da competição e o cara é auxiliar na seleção e o Carlos Lima e o Vendramini que realmente merecem compor a comissão técnica ? Ane Sabattini pelos resultados que vem conseguindo !

Temos uma seleção SEM ARMADORA ! Muito ruim TECNICAMENTE e sem perspectivas NENHUMA , mesmo com as meninas da WNBA . Realmente esse é o FUNDO DO POÇO pro nosso basquete feminino INFELIZMENTE !

Iziane : E dizer que MUITOS FALSOS MORALISTAS do basquete queriam que você NUNCA mais voltasse heim !! Imagina só de quanto teriamos perdido ontem ?

Nádia : Continue assim e cada vez buscando melhorar mais !! Excelente campeonato !!



Anônimo disse...

Meu Deus!!!! perdemos pra Argentina, suamos pra ganhar da Venezuela, Equador????? chegamos sim ao fundo do posso, CBB bota pra correr esse Zanon é toda essa porra dessa comissão técnica ruim, não existe técnico nem comissão técnica. da pra notar o desespero das jogadoras sem saber o que fazer com a bola na mão correndo de um lado para o outro como loucas. Tem que rodar toda a comissão técnica pq vamos passar vergonha mais uma vez em mais um campeonato seguido já passamos vergonha em 2008, 2010, 2011, 2012, 2014, 2015 agora vamos rumo a mais um vexame já que "ganhamos" a vaga olímpica para 2016! FORA TODA COMISSÃO TÉCNICA ISSO JÁ VIROU PIADA

Anônimo disse...

Falei que ia ser um tango da Argentina...anotem ai: vai tomar de 50 pontos do Canadá.

Anônimo disse...

Fora Zanon...FORA WANDERLEI FORA NUNES

Anônimo disse...

Pedimos a intervencao do MINISTERIO DOS ESPORTES...o k esta acontecendo com o basquete brasileiro eh uma vergonha!

Anônimo disse...

só uma coisa eu peço....tainá não dá mais.....ela sozinha conseguiu acabar com a reação brasileira...não tem condições alguma de ser armadora da seleção brasileira.....iziane foi um tapa na cara de muitos por aí......

Anônimo disse...

Zanon, pelo bem do basquete feminino: pede pra sair!

Anônimo disse...

É realmente nosso basquete feminino ultrapassou os limites do fundo do poço, vitórias inexpressivas contra seleções sem expressão nenhuma e derrota para a toda poderosa argentina, vai levar de 30 do Canadá.
Um minuto de silêncio pela morte do nosso basquete.

Célio Alves

Anônimo disse...

Gente assim não dá, o que a Tainá fez, só veio reforçar o que vem sido falado a muito tempo. Essa história de renovação é apenas para disfarçar a má administração e não deixar evidente que os dirigentes cuidam de seus interesses próprios. Dai forma uma seleção de novinhas, ficam anos e anos perdendo e quando os torcedores cobram alguma falam que estão em um processo de renovação. Desse jeito daqui a 10 anos vão estar falando a mesma desculpa. A Tainá já era pra estar em outro nivel. E mostrou que tudo que foi feito até agora não gerou confiança. Ela começa bem mas na hora de decidir, que precisa ter sangue frio e cabeça boa ela se desestrutura e quebra o time. Não foi a primeira vez que isso aconteceu com ela. Parece que quando a coisa aperta ela dá uma deligada. Ela não tem liderança tb não é comunicativa com a equipe. Então já deu Tainá fora. Teve sua chance perdeu seu tempo e nossa paciencia

Anônimo disse...

Basta uma derrota (mais uma derrota) e todos saem da sombra para agourar.

Tainá errou em dois lances seguidos? Sim, mas não foi por culpa dela que perdemos o jogo. Perdemos antes de começar. Perdemos com o conceito de renovação que tem sido implantado.

O mais louvável da renovação foi tê-la começado, porque, verdade seja dita, as veteranas que tínhamos aí, não fariam coisas muito diferente.

O que parece é que falta um trabalho técnico e tático sério e sobra paternalismo, excessivo aliás. Tratar como menininhas em formação, atletas com 23 anos é dose. São mulheres. Alessandra, Leila e Cintia com 18 e 19, se não podiam assumir responsabilidade pela imaturidade. Tinham funçao tatica definida. Silvia Luz, com 21 anos foi destaque em Atlanta. Com 23 anos, ela e Claudinha eram destaques da equipe no mundial da Alemanha/1998. Todas elas eram jovens e tinham responsabilidade. Hoje, o que parece que Zanon não dá responsabilidade, prefere superproteger.

Não existe esse papo de que tem que entrar solta, pra fazer o seu jogo. A coisa não flui assim. Tem que entrar "pilhada". Não basta se posicionar no perímetro e esperar a bola pra arremessar de três. No basquete de alto nível, elas serão contestadas. A equipe melhora no segundo tempo, pq tem chamada de atenção no vestiário. Se o técnico muda a postura, a atleta tbm muda. Quem dá o tom da equipe é ele. Elas não são de vidro, não irão quebrar.

O Brasil fez um bom jogo contra o Canadá na preparação, entregou no final, fez contra as americanas na abertura dos jogos pan-americanos. Impossível vencer amanhã, não é. Com certeza, é improvável. Vai depender sobretudo da postura do técnico. Desse jeito, não adianta trazer de volta Adrianinha, nem as atletas que estão na WNBA, muito menos as veteranas que estão no Brasil e não fizeram parte desse ciclo olímpico, nem milagre salva o Brasil do constrangimento.

Para louvar:

O retorno da Iziane, que se não é mais a atleta de alguns anos atrás, ainda sobra nessa equipe.

Os bons jogos que fizeram Gilmara, Iza Ramona e, principalmente, Nadia.

Os bons momentos das duas armadoras, em alguns momentos de algumas partidas.

Para lamentar:

A falta de padrão tático de uma equipe que treina junto tem três anos.

As oscilações e a falta de visão de jogo das armadoras, neste ultimo caso, em especial Tainá - lamentável uma armadora que não olha para suas companheiras.



MARCOS disse...

PERDER DA ARGENTINA EM COMPETIÇÃO ADULTO APÓS MAIS DE 50 ANOS, LEVAR GOLEADA DO CANADÁ, SOFRER CONTRA VENEZUELA E ILHAS VIRGENS, NÃO TRAZER MEDALHA NO PAN... NÃO DÁ PARA PIORAR MAIS.
TIME SEM PADRÃO, PÉSSIMA ARMAÇÃO. TÉCNICO DEIXA O TIME COM UMA ÚNICA PIVÔ A MAIOR PARTE DO TEMPO, TORNANDO O TIME MAIS BAIXO AINDA.
SALVARAM-SE IZIANE, NÁDIA, GILMARA, JAQUE E DÉBORA (COM MUITO ESFORÇO). AS OUTRAS JOGADORAS E O TÉCNICO NÃO TÊM NIVEL DE SELEÇÃO. TALVEZ LEVANDO UM COMBINADO DE AMÉRICA DE PERNAMBUCO E AMERICANA FOSSE MELHOR!

Sta. Ignorância disse...

Concordo com os comentários acima a respeito da responsabilidade destas meninas. A CBB tem culpa de tudo, mas não dá pra isentar totalmente as jogadoras.

Tem-se investido muito na taina desde 2013 e ela evoluiu no aspecto de pontuação, mas como armadora ela ainda deixa muito a desejar.

O que aconteceu ontem não é novidade. O problema é que ela cometeu os erros no momento decisivo. Mas esse tipo de erro ela comete todo o jogo. Não dá!

Iziane está dando a volta por cima.

Nádia está melhorando e isso é pra glorificar de pé.

Lamentável mesmo é a kelly, que não consegue jogar nem contra ilhas virgens.

Já estou preparado psicologicamente pra ver essa seleção medonha passar vexame em casa.

kainha disse...


nO POUCO QUE ENTENDO CREIO QUE INFELIZMENTE A TAINÁ FEZ AS ESCOLHAS ERRADAS NO MOMENTO DECISIVO .O QUE É PREOCUPANTE NA POSICAO QUEELA JOGA. TAVA CLARO QUE QUEM ESTAVA CHAMANDO A RESPONSABILIDADE E RESOLVENDO A VIRADA DO JOGO ERA A IZIANE E AS PIVOS SEJA NADIA OU GIL.
A ARMADORA ENTRA E QUER ELA FRIA DEFINIR A PARTIDA. CONTINUA MANTENDO O JOGO...PARECE TÃO CLARO ..É UM TIME NAO HEROIS ..NAO ENTENDO O TECNICO A ALGUNS MINUTOS TINHA CHAMADO A ATENCAO DAS MENINAS EM RELAÇÃO A ISSO E ACONTECE DENOV..NAO ENTENDI A SUBSTITUIÇAO OU MELHOR A ENTRADA DA TAINÁ NUM MONENTO DE VIRADA..VIA ENTEDER ...
É UMA PENA

CarlosEdu disse...

Iziane tinha fama d fominha...? Passou o jogo distribuindo diversos passes paras pivôs. Já a Tainá... o q foi aquilo. Uma armadora q no momento decisivo individualizou o jogo, forçou todas jogadas e só fez besteiras.

Agora ninguém foi pior q ZANON. Tirar a Gil quando ela estava jogando MUITO e colocar a Ramona?? Essa menina só fez merda. Errou uma bandeja sozinha q NEM DEU ARO. Inacreditável basquetebol clube. Fez vários turnovers e faltas idiotas q colocaram a Argentina na linha de lance livre...

Depois q o Brasil estava tomando uma enfiada no 1º tempo, o Zanon em fim, pela primeira vez no campeonato, colocou Iziane e Jaqueline juntas. O Brasil foi outro em quadra.

Infelizmente o Brasil tem um inimigo/adversário maior, chamado ZANON . Pq se ele colocasse Débora, Jaqueline, Iziane, Gil e Nádia – acharia q seria possível sim, passar até pelo Canadá.

Lothar disse...

Que saudade do Barbosa (odiado pelos blogueiros entendidos de basquete). O Brasil era quarto do mundo. Só perdia pra EUA, Rússia e Austrália. Cuba e Espanha eram jogos disputados. Canadá era freguês de caderninho. Argentina era esculacho. Hoje o que vemos em quadra é um show de horrores. Uma armadora que saltita junto com a bola e tem média de duas assistências por partida. Uma pivô que erra mais da metade dos arremessos embaixo da cesta. Uma equipe que comete uma inacreditável média de 21 erros por partida contra equipes fraquíssimas. Um treinador completamente equivocado que leva uma garota de 16 anos que parece que nunca acertou um arremesso na vida. Tem que apagar essa geração e começar tudo de novo. Só Damires e Clarissa se salvam.

erivelto disse...

É muito triste ver uma seleçao feminina tão fraca de fundamentos,umas meninas sem vontade de jogar, não vibran,não lutan pela bola, erram e acham normal, com todo respeito não dá mais pra Keli, admiro ela , mais não consegue mais jogar em nivel internacional, a Karina piorou,mais com tudo isso , esta bom ver a Nádia jogar, a Iziane ajuda mto, a Ramona tem mto a melhorar..a Tainá deveria jogar de 2 pq armando não dá...mais pessoal é isso infelismente não temos material humano...o q nos resta e torcer, pois assim como eu vcs todos q participam desse blog...amamos o basquete feminino.

Anônimo disse...

É uma pena ver o basquete feminino no fundo do poço! Li alguns comentários crucificando a Tainá. Ela não tem culpa! Tenho certeza que sempre sonhou em vestir a camisa da seleção brasileira e fez o máximo que podia, o Zanon é que foi teimoso e insistiu em deixá-la na quadra.
A culpa é da CBB que não está nem ai para o basquete feminino... Lembro de quando a seleção sub 21 conquistou o segundo lugar no mundial Em 2003. Quantas meninas pararam de jogar? Qual foi o cuidado que a confederação teve com essas meninas que deveriam estar jogando ainda? E o bronze em 2011 no sub 19? Quantas ainda jogam?
Não acho certo um técnico de masculino estar a frente da nossa seleção. As jogadoras precisam se unir! Precisam bater o pé e exijir melhores condições! Condições para a base do basquete! Não adianta cobrar na seleção adulta! Tem que melhorar embaixo... Massificar o esporte, capacitar os profissionais... E mais um monte de coisa!
Não é todo ano que surge novas Paulas e Hortências e uma Nicoletti é muito pouco para mudar isso!
Como pode a melhor técnica de base (Anne) está sem emprego? Como pode um dos melhores centros de formacão de atletas (Americana) acabar?

Anônimo disse...

FORA ZANON. Volta BASSUL. Bota o time de Americana que vai fazer muito mais bonito do que essa seleçãozinha.Pra que trazer seleção co Chile pra treinar!

Anônimo disse...

Eu amo basquete feminino e nao vou deixar de torcer nunca.....mas por favor troquem o tecnico, convoquem as melhores armadoras do paihs ( Adriana e Joice R.) - deem chance pras k jogam bem e se destacaram na LBF...( eh muito simples) se depois disso tudo nao der, ai nao deu...mas ficar com a sensacao de dava e a propria CBB nos tirar da disputa por um bronze!? Ai! Ja eh demais!

Anônimo disse...

O clima é de copa américa mas, o mercado da LBF está se movimentando.

http://www.ligadebasquetefeminino.com.br/sem-categoria/sampaio-correa-comeca-a-montar-time-para-a-disputa-da-lbf/

Beto disse...

Vejam o perfil ATLÉTICO de nossa seleção sub 19 que disputou o ultimo mundial na Russia . Uma seleção que levou pra prorrogação jogos contra potências do basquete mundial como a Servia , porém tendo claras condições de ganhar . assisti a TODOS o jogos e essa seleção me impressionou pela altura e qualidade física .
Praticamente todas as laterais com mais de 1,80m de altura

Renovar com qualidade é pegar estas meninas fazer um excelente trabalho físico e técnico , colocar essas meninas pra disputar a LBF como foi feito com o sub 15 masculino que esá disputando a LDB. Depois acrescentar algumas peças importantes como as 4 pivôs Erica , Nadia , Damiris e Clarissa , Joice Coelho, Tatiane Pacheco , Iziane , Ramona , Taina , Tassia , Joice Rodrigues . Naturalisar uma armadora nível de seleção americana e desenvolver o projeto com uma comissão técnica de QUALIDADE onde Carlos Lima e Ane Sabatini Guilherme Vós possam participar pois merecem pelos resultados conseguidos .

Quem assistiu ao mundial sub 19 vai entender porque disse isso . Isso sim é RENOVAR pensando a nível internacional onde as jogadoras lá fora estão cada vez mais altas e fortes .

Seleção Brasileira Sub-19 Feminina
Nome – Posição – Idade – Altura – Clube – UF

4. Mariane Roberta de Carvalho - Ala - 18 anos - 1,80m - ADC Bradesco (SP) - SP
5. Tayna Fernanda dos Reis - Armadora - 19 anos - 1,70m - Centro de Excelência/FEDESP/Barretos (SP) - SP
6. Thayna Silva - Ala - 19 anos - 1,80m - Instituto Mangueira do Futuro (RJ) - RJ
7. Aline Cristina Cezario de Moura - Ala/pivô - 18 anos - 1,82m - Divino/Jundiaí (SP) - SP
8. Kananda Ribeiro Benedicto - Ala - 19 anos - 1,78m - Divino/Jundiaí (SP) - SP
9. Larissa Jerônimo Carneiro - Armadora - 18 anos - 1,64m - ADC Bradesco (SP) - SP
10. Jennifer Nonato Calixto - Pivô - 17 anos - 1,85m - Centro de Excelência/FEDESP/Barretos (SP) - SP
11. Lays da Silva - Armadora - 16 anos - 1,66m - ADC São Bernardo (SP) - SP
12. Vitória Maria Domingos Marcelino - Ala - 19 anos - 1,79m - São José Desportivo (SP) - SP
13. Gabriela Guimarães de Paula - Ala/pivô - 19 anos - 1,81m - Divino/Jundiaí (SP) - SP
14. Bianca Araújo da Silva - Pivô - 19 anos - 1,90m - Basketball Santo André (SP) - SP
15. Monique Teresa Soares Pereira - Pivô - 18 anos - 1,84m - SESI/SP Guarulhos (SP) - SP

Anônimo disse...

Em meio isso tudo: parabens as Argentinas k ja jogam juntas ha muito tempo e sempre perseguiram essa vitoria sobre o Brasil...me senti quando vi Hortencia, Paula , Janeth & Cia derrotarem os Estados Unidos, soh k desda vez eu era um "americano"....Parabens Hermanas, desejamos mesmo k vcs surjam como uma forca na America do sul...isso so torna e valoriza nosso tao sofrido basquete feminino das Americas, mais competitivo!

Sergio/RJ disse...

As unicas que se salvaram neste jogo
Foram Iziane (arrebentou com 25 pontos, Nádia bem, mas imatura em alguns lances e Gil com muitas falras bobas. Oresto é resto. A Romana dava raiva, só fazia besteiras.

Anônimo disse...

Zanon ganhou esse jogo pra Argentina qdo tirou a gil pra deixar a Ramona afundar o time errando bola embaixo da cesta duas vezes no fim e turnover num passe qdo nao soube orientar a taina gritando mesmo se necessario q era iziane q tinha de decidir nao ela ate pq tem pessimo aproveitamento de lances livres alias perdeu 2 consecutivos num momento crucial da partida fora a loucura q deu na cabeça dela na hora q perdeu a bola fazendo firulas na frente da marcadora argentina passando bola por tras do corpo so faltou fazer embaixadinhas nao olha o jogo nao o sente definitivamente nao da pra jogar como armadora quem assiste ja deve ter percebido q em varios momentos do jogo elas ficam perdidas sem saber o q fazer como fazer pois o time nao tem padrao tatico ate medo de realizar movimentaçoes se nota em quadra Outra coisa a seleçao parece q a cada competiçao jogada ao inves de evoluir nos fundamentos de ataque e defesa,regride tanto qto algumas atletas como kelly hj em dia muita dificuldade em realizar um arremesso parece q ao inves da bola arremessa um saco de cimento na cesta de tanto esforço q realiza pra tal outras como sangalli jacob e ainda propria nicoleti nem deviam estar ali essa ultima nos jogos de adversarios pifios so fez atirar pombos sem asa de tres sem apresentar nenhuma novidade tentar nada novo como bater pra dentro jumpear mostrar algo q nessa seleçao nao se faz mesmo q errasse pra isso caca e tassia faziam igual ou ate melhor no nivel q esse time nacional se encontra 4 horas diaria de treinamento e piada

Anônimo disse...

Taparam a cova...
Não entendi o jogo com 4 jogadoras baixas e 1 pivô...
Não entendi pq tirou a Gil e pôs a Nádia, devia ter ficado com as 2 em quadra...
Merecida a vitória argentina, aposto que elas não treinam só 4 horas por dia, além de um técnico melhor.
Quanto as jogadoras, são as que ele levou, já não havia gostado da convocação.
Não levaria Kelly, Patty, Jaqueline ( já tiveram muita chance para não mostrar nada)
Torço pela RECUPERAÇÃO DO BASQUETE DA JOICE COELHO, TATI PACHECO, FRANCIELE, SASSÁ, TASSIA, CACA, PARA QUE ELAS PELO MENOS POSSAR SER TESTADAS FUTURAMENTE.
3 ANOS PERDIDOS, A EQUIPE NÃO EVOLUI, SÓ REGRIDE, ISSO É O QUE MAIS ME INCOMODA, MUITO TRISTE...

Anônimo disse...

Não estou entendendo os comentaristas acima.
Pois Zanon fez apenas o que 99% do blog e corneteiros de BF pediam, o PEDIAM COMO TÉCNICO FERVOROSAMENTE, FORA IZIANE, FORA HORTÊNCIA.

Anônimo disse...

A situação do basquete feminino há anos está tão ruim que ontem após a derrota para a Argentina eu senti saudades do Barbosa e seu limitado esquema tático! Céus, a que ponto chegamos!

Anônimo disse...

Sergio/RJ

Vc disse q a Gil fez faltas bobas??

Nas estatisticas ela só fez 2 faltas nesse jogo

Anônimo disse...

temos quer ter uma tecinica mulher!!!!!!!!!!!!! tipo heleninha e maria helena uma treinadora que passe vibração e energia de vencer para suas atletas não deixa-las com medo e inseguras durante o jogo de brasil e argentina era claro o medo das meninas diante do bruto do Zanon teve um momento em que ele jogou a toalha no chão e gritou com uma das meninas, vemos um time sem moitvação e triste em quadra. Onde esta a Tecnica e ex jogadora Janeth Arcain?

Anônimo disse...

Saudacoes aos ilustres comentaristas do.blog....gostaria de deixar aki uma opiniao diferenciada de tudo k ja foi relatado aki por vcs: ATE AS JOGADORAS JA PERCEBERAM AS INCOERENCIAS DO TECNICO ( nas partidas k aconteceram, da pra sentir k elas proprias nao estam entendendo como: Jack e Izi, nao jogam juntas...como Gil entra bem e eh substituida e etc...etc...etc...acho k daki.pra frente ( POR ESTAR SENDO - ELAS - EXPOSTAS AO RIDICULO) vao comecar a retalhar o TECNICO...FORA ZANON - FORA WANDERLEI - FORA NUNES!

Anônimo disse...

Realmente, A janeth Arcain, nao era a ultima cartada? Nao esta na hora de sacar essa carta?

Anônimo disse...

Também acho que a Janeth deveria entrar no lugar do Zanon.Ela jogou 4 anos no WNBA,se preparou par sertécnica mas os machistas da CBB preferiram esse incompetente.Fora Zanon.Fora de São José Tambem.

Anônimo disse...

A SELEÇÃO BRASILEIRA TEM QUE SER A BASE DO TIME DE AMERICANA, AMÉRICA, SPORT, COM AS QUE JOGAM NA NOS EUA, AÍ SIM TERÍAMOS GRANDE CHANCE DE NÃO PASSAR VERGONHA NA PRÓXIMA OLIMPIADA.

Anônimo disse...

INFELIZMENTE, O QUE ACONTECE COM A DIREÇAO E COMISSÃO TÉCNICA, É QUE NEMHUM DELES TEM MORAL PARA CRITICAR E PONDERAR COM ZANON, POIS O MESMO SE ACHA O TODO PODEROSO, ENTÃO AS MENINAS EM QUADRA JOGAM COM MEDO SEM CONFIANÇA, NÃO TEM ESTÍMULO, NÃO TEM SALÁRIO, NÃO TEM GRATIFICAÇÕES, Ai VEM A PERGUNTA, ALGUEM CONSEGUE PRODUZIR ASSIM.