segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Três jogos complementam a nona semana da LBF nesta segunda-feira



A nona semana da Liga de Basquete Feminino (LBF) – 2013/14 será complementada nesta segunda-feira (17 de fevereiro), com a realização de três jogos. Destaque pela luta pela liderança, que segue intensa e empolgante.

O líder Americana encara o São José/Colinas Shopping (terceiro colocado), às 20h00 (de Brasília), no ginásio Municipal Milton Fenley Azenha (Centro Cívico), na cidade de Americana (SP), com transmissão ao vivo pelo SporTV3. As duas equipes vivem momentos positivos, já que estão crescendo na competição, e venceram seus jogos na rodada passada: o time do Interior passou pelo Rio Claro Basquete, enquanto que o representante do Vale do Paraíba suplantou ao Brasília/CSUV1.

“Jogo muito importante, pois estamos no momento de definições para a classificação final nesta primeira fase. Trabalhamos forte essa semana para fazer um bom jogo. Tivemos uma baixa considerável, que foi a lesão da Jasmine James, mas o grupo está unido e pronto para a partida”, comenta Carlos Lima (Carlinhos), técnico do São José/Colinas Shopping.

O jogo terá ação beneficente: os torcedores que forem são ginásio estão convidados a doar um litro de leite. Toda arrecadação será destinada a entidade assistencial da cidade de Americana.

No confronto válido pelo turno desta fase inicial, vitória do Americana, mesmo atuando fora de seus domínios, por 76 a 69 (foto).

O ‘caçula’ Brasília/CSUV1 (oitavo colocado) e o Maranhão Basquete (quarto colocado) jogam pela recuperação, às 20h00 (de Brasília), no ginásio de Esportes do Clube da Vizinhança, em Brasília (DF). No seu compromisso mais recente, o time do Distrito Federal perdeu para a AD Santo André e a equipe maranhense foi batida pelo Sport Recife.

“Fizemos um bom jogo contra o Maranhão Basquete fora de casa, e a expectativa para o confronto do returno não é diferente. Sabemos que vai ser difícil, mas treinamos muito e se Deus quiser vai ser melhor que o primeiro jogo”, analisa a ala/pivô Carey, do Brasília/CSUV1.

“Temos que conquistar a recuperação, mesmo atuando fora de casa, para seguirmos entre os primeiros colocados. Vamos enfrentar uma equipe nova, que vem se acertando ao longo da competição e, por isso, temos que entrar forte em quadra para conseguir o nosso objetivo”, relata a pivô Kelly Santos, do Maranhão Basquete.

No turno, vitória do Maranhão Basquete, jogando em seu ginásio, por 81 a 56.

E, complementando a rodada, o Sport Recife (segundo colocado) enfrenta o Ourinhos Basquete (quinto colocado), às 20h00 (de Brasília), no ginásio Marcelino Lopes, em Recife (PE). Na jornada anterior, a equipe pernambucana bateu o Maranhão Basquete, enquanto que a agremiação deo Ourinhos derrotou o Brasília/CSUV1.

“Contra o Americana entramos mole e deixamos com que dominassem o jogo e construíssem uma grande vantagem que não foi possível reverter. Então temos que aprender com esses erros, para não cometê-los novamente e ao mesmo tempo retomar o bom basquete que apresentamos contra o Maranhão para tentarmos vencer o Sport Recife, que sabemos que é uma grande equipe e que não perdeu em casa ainda”, analisa Ariani Silva, armadora do Ourinhos Basquete.

“Temos que jogar como se fosse uma final. Apenas desta forma vamos manter nosso ritmo de jogo e buscar a vitória a todo tempo. A classificação está garantida, mas quem ficar em primeiro lugar garante uma vantagem muito boa nas semifinais e em uma possível final, que é jogar em casa. Como nossa torcida faz muita diferença, vamos atrás da liderança”, comenta Roberto Dornelas, técnico do Sport Recife.

Na partida entre as duas equipes, válida pelo turno desta primeira fase, vitória do Sport Recife, mesmo jogando como visitante, por 67 a 53.

Fonte: LBF

14 comentários:

Anônimo disse...

Se o Sport Recife colocasse o time reserva para disputar a competição a final seria Sport A x Sport B!!
Desse jeito qualquer técnico é bom, com um elenco tão espetacular.

Anônimo disse...

http://cbb.com.br/PortalCBB/Imprensa/ShowEntrevista/378

Anônimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=hOwpp48Cu3Q

Anônimo disse...

Fui ao centro civico em Americana segunda-feira ver Americana x SJC e o que eu vi e quem acompanhou pela tv foi uma VERGONHA!
Arbitragem tendenciosa para o time de americana oq acarretou a derrota de SJC! Dois lances que nao foi falta e eles deram fez com q o time de americana crescesse na partida e no final ganhar de SJC que estava mais uma vez c o jogo na mal e perdeu pq alem da arbittagem tem um tecnico e um assistente muito ruins nao arriscam e as trocas sao as mesmas sempre! Uma pena SJC tem tudo p ser campeao da LBF mas com essa comissao fica dificil!
Mauricio abre o olho pra proxima temporada contrata uma comissao melhor! E uma armadora seria e comprometida c o time que coloque a bola embaixo do braco e arme!

Anônimo disse...

Anônimo das 2:31.Eu jamais faria essa afirmação,
O elenco no papel é muito bom mesmo,isso tenho que
concordar,mas o técnico é faquino.Ainda vai conseguir
perder a Liga.

Anônimo disse...

Anônimo das 16:22. São José perdeu pelos próprios erros, assim como no outro jogo que fez com Americana. Ganha o jogo inteiro, chega no último quarto perde a força e se atrapalha todo. Eu gosto do técnico de São José, mas infelizmente não dá pra fazer milagre né!
Gente, o que aconteceu com a Karen? Ela está numa fase horrível.

Anônimo disse...

realmente vcs tem razao, sao jose perdeu para eles mesmos, toda vez é a mesma coisa SJ fica na frente o jogo todo e no final deixa virar com isso vindo a perder a partida,foi assim os dois jogos contra americana, realmente esta precisando de mais uma armadora pq a atual de novo pediu para sair na hora que o jogo estava pegando fogo... E o outro lado!! Americana, novamente quase perde o jogo dessa vez dentro de casa, novamente pela teimosia e incopetencia de seu treinador! Americana veio ganhar novamente pelo talento individual de sua jogadora Joice, depois que ela entrou ela botou fogo em americana, o time ficou mais leve mais rapido em fim melhor, esse jogo era um jogo para as mais novas jogarem, alem das mais experientes nao estarem tao bem, seria um time mais leve e rapido, pra que acompanhou o jogo em rio claro pela nossa querida RADIO ESPORTE WEB como eu, deu pra perceber que o time voou no ultimo quarto com a entrada da Tassia e da Izabela Sangalli, nao que o time estava ruim mas ficou mais leve mais rapido na minha opniao melhorou, tem que ser assim mesclar as jogadoras, e contra SJ tinha que ter feito de novo, tentado colocar um time mais leve e rapido, mas o treinador parece que tem medo ou nao sabe o que faz, tenho certeza se tivesse feito arriscado mesclado melhor nao tinha passado o sufoco que passou!!

Anônimo disse...

O lance de estourou os 24 segundos e a arbitragem nao apitou e a plutin fez 2 pontos. Esse lance ngm comentou né??

Anônimo disse...

Rapaz armadora Adriana estar em outro nível, sem falar do resto da equipe. Ate eu consigo ser campeão.

Anônimo disse...

SJC leva um pau do Sport sem comentários.

Anônimo disse...

Ao anônimo 16.22,que vergonha é seu comentário,só mostra que vc não entende nada de basquete,ainda bem que vc não é da área,mas.....parece muito Intimo da Comissão Organizadora.

Anônimo disse...

Caro anônimo, a comissão técnica não pode fazer nada, se tem atletas que se jugam que tem nome e zera em vários jogos, fica difícil, pode ter a melhor comissão que não vai ganhar. Quem precisa tomar vergonha na cara e jogar, são as atletas. São atletas no final de carreira e só querem o dinheiro no bolso. Mas as pessoas que estão de fora infelizmente não vê isso. Se ganha é mérito da atleta e se perde a culpa é da comissão acorda vc caro anônimo, pensa um pouco para falar.

Anônimo disse...

Como esse povo, tem mania de falar da comissão, porque não fala das atletas, que não querem nada com nada, SJC, tem a Karem que está zerando em varios jogos, e as laterais que parecem uma loucas, assim, não tem jeito. O técnico pode até errar mais as atletas são ruim e deveria aposentar, pois esse basquete não dá mais.

Anônimo disse...

São José tem um time ótimo, mas acredito que está faltando uma lateral boa aí.
Cris é uma ótima armadora, não sei o que estão falando. Sua reserva, a Cacá, também é outra que joga bem e merece uma chance na seleção no lugar da Débora, que é a terceira armadora de sua equipe.