quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Cíntia Tuiú deve ser novo reforço da equipe de Americana

222b

Deve ser anunciada nos próximos dias a contratação da pivô Cíntia Tuiú pela equipe de Americana, que disputará o Nacional.

Cíntia completa 35 anos em janeiro e é uma das maiores pivôs que o país já produziu.

No currículo são quatro as participações da atleta em Mundiais (1994, 1998, 2002 e 2006), com destaque para o ouro na estreia. Em Jogos Olímpicos, são três os registros, com a prata em 1996, o bronze em 2000 e o quarto lugar de 2004.

Nos clubes, a pivô – de técnica apurada – teve trajetória ascendente. Depois de atuar em países com pouca tradição no esporte, chegou aos maiores clubes nos maiores centros, com destaque para as atuações no italiano Schio e no falecido Orlando Miracle, da WNBA. O último clube foi o Napoli Vamero, da Itália.

Cíntia esteve recentemente no Brasil, participando da homenagem da CBB às campeãs mundiais. Em Americana, a pivô reencontrará Adriana Santos, ex-companheira de seleção e na conquista.

10 comentários:

Anônimo disse...

nossa, que maravilha, muito bom!!!

Anônimo disse...

muito bom isso..estava com saudades de ver a cintia tuiu jogar..grande pivo....gosto muito do jogo dela

Anônimo disse...

A volta de Cintia e Kelly e espero que outras atletas que estão a muitas temporadas fora do Brasil vai elevar o nível da competição, mas é no mínimo curiosa a forma como os times estão contratando. Catanduva chamou contratou Fernanda B, sendo que já tinha a Sil na mesma posição. Agora Americana contrata Cintia, sendo que a Flavia que também atua na posição 4 foi a referência do time na temporada passada e as outras posições?

Poderia rolar uma permuta entre Americana e Catanduva, rs.

Anônimo disse...

Americana fica muito reforçada com a chegada da Tuiu....muito bom.

Anônimo disse...

DA-LHE TUIIAAAAAAAAAA !!
SEJA BEM VINDA

Blog F1 Trulli disse...

eu tb concordo c/ o anônimo
seria uma boa q essas jogadoras viessem reforçar outros times (Mangueira por ex) e deixar a competição + “aberta” e equilibrada

pq é totalmente centralizada entre Catanduva, Ourinhos e Americana (agora q Santo André reagiu, + pelo visto tb vai sobrar nesse nacional).
“Pra variar”, essa liga feminina só vai despertar interesse nas finais...

daniel disse...

da-lhe tuiuuuu....bom ter vc de volta

Anônimo disse...

Meu amigo Blog F1 por acaso a liga de volei masculino e feminino dão algum jogo antes da semi-final? Quando o nacional feminino tem 8 times é pouco,quantos times existem nos campeonatoa de volei,handebol? Vamos parar de ficar procurando e exaltando só os problemas e não vamos esquecer que o basquete feminino é campeão do mundo,vice campeão olimpico. Ja tem história e direito de passar por uma reestruturação.Quem ja foi rei sempre será magestade.

Blog F1 Trulli disse...

opa
lógico q é bom q atletas d nome (e d nível) voltem a disputar campeonatos nacionais. Melhor ainda se vierem estrangeira pra aumentar o nível
p.s. a Liga evoluindo ainda poderia contar até c/ Érika e Iziane (ñ choca c/ wnba)

o vôlei (como o anônimo citou) a cada temporada vai melhorando esse aspecto, esse campeonato ta com um equilíbrio muito grande. O basquete masculino tb ta no caminho...

agora ñ adianta ficar "tampando o sol com a peneira"...
Qual é a emissora (canal fechado msm) q vai se interessar em transmitir a 1ª fase da nacional feminino d basquete? Americana x Sport (100 x 20) ?
Só vale apena o quadrangular final mesmo (fato)

no entanto, vôlei masculino e feminino, basquete masculino e até o Handebol são transmitidos

Anônimo disse...

concordo com o Trulli, disse tudo
as outras equipes precisam d investimento pq o campeonato ñ vai crescer c/ 3 times...
meu time (sou carioca) Mangueira nem vai competir