quarta-feira, 22 de março de 2017

Com dois metros de altura, pivô Kamilla Soares busca evolução nos EUA

Descoberta em Montes Claros/MG, a jovem pivô Kamilla Soares (2,00m) partiu para os Estados Unidos em busca de evolução.

Já havíamos noticiado a sua ida no ano passado e, em busca de mais informações deste diamante bruto, acabei encontrando um vídeo dela jogando por lá.

Sorte à Kamilla e que a nova gestão da CBB fique de olho na evolução desta menina.

Jogo das Estrelas da LBF CAIXA será realizado no dia 02 de abril



O Jogo das Estrelas da LBF CAIXA está confirmado. Direto do Ginásio Centro Cívico, em Americana, interior do Estado de São Paulo, a quarta edição do evento que reúne as maiores estrelas do basquete feminino brasileiro será realizada no domingo (02/04), às 10 horas, e terá transmissão ao vivo dos canais SporTV.

Assim como na temporada passada, o Jogo das Estrelas da LBF CAIXA contará com a ilustre presença das lendárias ex-atletas Hortência e Paula, que novamente estarão nos bancos de reservas e serão madrinhas dos times "Rainha Hortência" e "Magic Paula" na partida festiva.

Remodelado, o Jogo das Estrelas da LBF CAIXA foi um sucesso na temporada passada. Realizado em Campinas (SP), no Ginásio Taquaral, a partida com as estrelas do campeonato nacional contou pela primeira vez em sua história com Hortência e Paula como madrinhas do evento. 

Com o Ginásio Taquaral completamente lotado, as estrelas da LBF CAIXA deram espetáculo e fizeram partida disputada até o último segundo, que acabou com a vitória do time Rainha Hortência sobre o time Magic Paula pelo placar de 79 a 78. Com duplo-duplo de 20 pontos e 12 rebotes, a pivô Nádia, que vestiu a camisa do Sampaio Corrêa na temporada passada, foi nomeada a MVP da partida. 

Além da partida entre time Rainha Hortência e time Magic Paula, o Jogo das Estrelas da LBF CAIXA no ano passado também contou com o Desafio de Habilidades, que acabou com a armadora Babi, do Corinthians/Pague Menos/Americana, como campeã, o Torneio de 3 pontos, que teve Tati Pacheco, do Uninassau Basquete, como campeã, e também com uma grande homenagem para as campeãs mundiais com a Ponte Preta em 1993. 

Confira a programação do Jogo das Estrelas LBF CAIXA:

Local: Ginásio Centro Cívico - Americana (SP)
Data: 02/04/2017
Horário: a partir de 10h (de Brasília)

segunda-feira, 20 de março de 2017

Times de brasileiras são eliminados da Euroliga

Chegou ao fim a temporada 2016/17 da Euroliga para o time das brasileiras Érika de Souza e Clarissa dos Santos.

Ambos caíram nas quartas de final, numa série melhor de três.

O Bourges, de Clarissa, foi eliminado pelo russo Dynamo Kursk, de Angel McCoughtry e Nneka Ogwumike, por 2x0 (76x 71 e 92 x 104).

Clarissa não atuou em nenhum dos jogos.

Já o Avenida, de Érika, até tentou mas não conseguiu segurar as turcas do Fernebahce, de Candace Parker e Sandrine Gruda, por 2x1 (78x70, 66x76 e 87x80).

Érika teve os seguintes números:

Jogo 1: 10 pontos e 6 rebotes.
Jogo 2: 13 pontos e 12 rebotes.
Jogo 3: 3 pontos e 5 rebotes.

Palavras do novo presidente da CBB


img

Existe um plano especifico para o basquete feminino?

Sim. Vamos dar ao naipe feminino toda a atenção que é merecida, fato que não aconteceu nas gestões anteriores. É fundamental fomentar a base, em uma escala ainda maior do que no masculino, trazendo de volta os campeonatos nacionais. Com isso, vamos elevar o número de praticantes e, a partir daí, extrair a qualidade. 

Fonte: CBB







____________________________________

Será que agora podemos acreditar?

quinta-feira, 9 de março de 2017

Nos detalhes, Corinthians/Pague Menos/Americana vence Uninassau



O Corinthians/Pague Menos/Americana está muito próximo de conquistar a liderança geral da LBF. Em partida decidida nos detalhes, as comandadas do técnico Vendramini derrotaram Uninassau-PE por 78 a 72(34 a 39 no primeiro tempo). A partida aconteceu no Ginásio Centro Cívico em Americana. Na próxima sexta-feira(10) às 20:00, as equipes voltam a se enfrentar na competição.

Para sair vencedor desse duelo, as americanenses contaram com ótima atuação da pivô Damiris, que obteve 31 pontos e 11 rebotes(duplo-duplo). A ala Iza Sangalli com 15 pontos e 4 rebotes também se destacou.

O primeiro quarto começou com as visitantes impondo ritmo forte na defesa. Americana sentia dificuldades de furar o bloqueio da equipe pernambucanas que logo abriam vantagem de quatro pontos. Com a entrada de Chuca e a mudança de posicionamento da ala pivô Baker, as americanenses conseguiram tomar conta do placar e com bom aproveitamento nos chutes de três pontos, as americanenses fecharam o primeiro quarto vencendo por 24 a 21.

O segundo seguiu equilibrado. Apesar de vários erros, as pernambucanas conseguiram reagir no placar e com menos de quatro minutos para o fim do período, igualaram o marcador em 29 a 29, fazendo o técnico Vendramini pedir tempo técnico. Apesar de várias mudanças, Americana não conseguiu reagir no placar e viu Uninassau fechar o segundo quarto por 39 A 34.

A terceira etapa começou com Americana a 200%. Aguerridas, as americanenses igualaram o marcador e com ótima atuação da dupla Gretter/Damiris, viraram o marcador e fecharam o terceiro quarto vencendo por 62 a 51.

A última etapa começou com as pernambucanas indo em busca do placar adverso. Mesmo com boa vantagem conquistada no terceiro quarto, as americanenses viram Uninassau Diminuir a vantagem para três pontos a menos de quatro minutos para o fim. Mas Americana contou com bola certeira da ala Iza a menos de um minuto do fim e garantiu a vitória por 78 x 72.

“Jogo foi muito intenso, mas jogos contra Uninassau será sempre assim. O mais importante hoje foi a vitória. Vamos trabalhar melhor a defesa para que na próxima partida possamos sofrer menos do que hoje”, comentou a pivô Damiris.

“São duas equipes que se respeitam, mesmo as equipes com desfalques, a qualidade de jogo é a mesma. Se faltou técnica em alguns momentos, garra e disposição tivemos de sobra e fez a nossa equipe sair vencedora desse grande duelo”, explicou o técnico Vendramini.

domingo, 5 de março de 2017

Santos FC participará do Paulista Adulto Feminino





          


Após ficar um ano sem participar do Campeonato Paulista da Federação a cidade de Santos que sempre teve enorme representatividade no cenário do basquete feminino retorna em 2017 com muita motivação para a disputa de um dos principais campeonatos do país.
A equipe que seguindo o exemplo bem sucedido de outras agremiações no basquete, agora conta com a parceria oficial de peso do Santos Futebol Clube, em uma importante iniciativa negociada pelo atual presidente da FUPES (Fundação Pro Esporte de Santos) Hugo Duppre com a proposta de alavancar o esporte na cidade novamente. 

Gestores e dirigentes esperam que essa parceria possa gerar frutos e promover maior visibilidade ao trabalho que à anos vem se desenvolvendo mas que ainda precisa de apoio da
iniciativa privada através de patrocínios e incentivo fiscal.

O projeto também conta com o crucial apoio e auxilio da
Secretaria Municipal de Esportes oferecendo estrutura e suporte, tendo em vista que a projeção da equipe adulta como espelho fomenta o trabalho de base que precisa ser fortalecido no estado agindo como facilitador no desenvolvimento e gerando novas oportunidades para meninas da região da Baixada Santista.

A comissão técnica segue trabalhando e buscando recursos para estruturar e montar uma equipe competitiva que em breve terá a sua
apresentação oficial marcada para a imprensa.


Clarissa vence na França

O Bourges, de Clarissa, venceu o Nantes por 69 a 65, com 10 pontos e 8 rebotes da brasileira.

Pela equipe adversária, chamou atenção o desempenho da pivô canadense Katherine Plouffe, que anotou 30 pontos e 13 rebotes.

Brasileiras na Espanha

Neste domingo, teve duelo brasileiro pela liga espanhola.

O Gipuzkoa, da pivô Nádia Colhado venceu o Quesos El Pastor, da ala Isabela Ramona por 72 a 66.

Nádia teve 20 pontos e 7 rebotes, enquanto que Ramona teve 13 pontos e 8 rebotes.

O Salamanca, da pivô Érika, venceu o Extremadura por 61 a 55, com 11 pontos e 6 rebotes da pivô brasileira.

Transmissões da LBF pela internet

Sem transmissões pelo Sportv, a saída para assistir os jogos da LBF é acompanhar as transmissões que são feitas pela internet.

Como bem lembrado nos comentários, é possível assistir os jogos:

- pela fan page da RADIO ESPORTE WEB, que transmite os jogos de Americana 

- pela fan page do LEIA JÁ ONLINE, que transmite os jogos da Uninassau

- pela fan page da LABATV, que transmite os jogos de Santo André

Definidos os clubes que jogarão as competições femininas de base de 2017

Estão definidos os times que irão disputar os campeonatos de base da Federação Paulista de Basketball (FPB) na temporada de 2017, no naipe feminino. As definições ocorreram nos democráticos ‘Congressos Técnicos’, que aconteceram na terça-feira (14 de fevereiro), na sede da entidade, na zona central da capital paulista, contando com as presenças da diretoria da FPB e dos representantes das equipes filiadas.

“Conversamos bastante com as equipes presentes para buscarmos alternativas visando o crescimento do basquete feminino. Debatemos diversos assuntos, de forma democrática, e creio que chegamos a conclusões importantes”, explica Enyo Correia, presidente da Federação Paulista.

Sub-13: ADC Bradesco (Osasco), Basketball Santo André/APABA (Santo André), Prefeitura de Mauá (Mauá), São Bernardo/ADC/AFP (São Bernardo do Campo), São José Basketball/PAC (São José dos Campos) e SESI-SP (São Paulo).

Sub-14: AD Centro Olímpico (São Paulo), ADC Bradesco (Osasco), Prefeitura de Mauá (Mauá), São José Basketball/PAC (São José dos Campos), SELT Taubaté/LBCP (Taubaté) e SESI-SP (São Paulo).

Sub-15: AD Centro Olímpico (São Paulo), ADC Bradesco (Osasco), Basketball Santo André/APABA (Santo André), Casa do Garoto/Tupã (Tupã), São Bernardo/ADC/AFP (São Bernardo do Campo) e São José Basketball/PAC (São José dos Campos).

Sub-17: AD Centro Olímpico (São Paulo), ADC Bradesco (Osasco), Basketball Santo André/APABA (Santo André), Casa do Garoto/Tupã (Tupã), Clube Avareense (Avaré), São Bernardo/ADC/AFP (São Bernardo do Campo), APAGEBASKET (Guarulhos) e APAB/Barretos (Barretos).

Sub-19: ADC Bradesco (Osasco), Basketball Santo André/APABA (Santo André), Divino/Jundiaí (Jundiaí), São Bernardo/ADC/AFP (São Bernardo do Campo) e Presidente Venceslau (Presidente Venceslau).

Nos próximos dias, o departamento técnico da Federação Paulista de Basketball (FPB) divulgará todas as informações de cada competição, com a tabela e o sistema de disputa.
 
Fonte: FPB - Assessoria

Brasileiras em Portugal

Com o número de equipes cada vez mais reduzido por aqui, os campeonatos portugueses voltaram a ser atrativos para as brasileiras, como já foi há alguns anos atrás (Clarissa, Lilian, Izabela Andrade, Gil e Silvia Gustavo passaram por lá).

A liga portuguesa foi o refúgio para duas jovens e talentosas pivôs que foram destaques no último Paulista jogando por Jundiaí: Gabriela de Paula e Aline de Moura.

As duas são companheiras de equipe e disputam a primeira divisão da liga portuguesa, jogando pela equipa de Torres Novas.

Em seu último compromisso na liga, a equipe das brasileiras perdeu para o Ovarense por 64 a 58.

Aline teve 19 pontos e 21 rebotes e Gabriela teve 23 pontos e 16 rebotes.

Segunda divisão

Pela segunda divisão, a pivô Bárbara Souza joga pela equipe do Galitos. Em seu último compromisso, sua equipe venceu o Juvemaia com 38 pontos e 24 pontos da brasileira.

Terceira divisão

E na terceira divisão, a pivô Leidilânia Ferreira joga pela equipe do CAD Coimbra, tendo a companhia da cubana Oyanaysi Gelis. 

Em seu último compromisso, sua equipe venceu o Oliveirense por 67 a 46, com 27 pontos e 14 rebotes da pivô brasileira.